Por pbagora.com.br

A morte do senador José Maranhão, do MDB, começou a ter desdobramentos partidários. Nesta quinta-feira (11) o empresário Alberto Gomes Batista, mais conhecido como ‘Esquerdinha’, divulgou uma carta renunciando o comando do diretório do partido na Capital.

No texto, ele explica que cumpriu com suas atribuições, conforme solicitado pelo senador e que a sensação agora é de dever cumprido. As declarações do agora ex-dirigente repercutiram em entrevista ao blog do jornalista Hélder Moura.

“Cumpri o determinado pelo senador Maranhão, no período que estive na presidência do MDB, organizando o partido para as eleição de 2020. Saímos com dois vereadores e uma votação expressiva do candidato a prefeito, radialista Nilvan Ferreira”.

E continuou: “Meu dever, para com o senador, para com o partido, para com minha consciência cívica. Minha missão acabou e é hora de passar o comando para outro militante do partido. Abrir espaço para um filho, filha, ou esposa conduzir e dar continuidade história do senador e do MDB municipal”.

Esquerdinha ressaltou que agora o partido viverá um novo momento. “Diante das atuais circunstâncias, trata-se de um novo momento do MDB e só tenho de agradecer por toda a confiança que o senador depositou em mim, minha eterna gratidão a Maranhão. Em tempo, também cumpre-me agradecer aos companheiros membros do diretório: Heráclito Bezerra, Carlinhos Regis e Marta Simone. Juntos conduzimos este processo eleitoral 2020.”

PB Agora

Notícias relacionadas

COVID-19: PB já possui 211 municípios em bandeira laranja

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB) divulgou, neste sábado (6), a 20ª avaliação do Plano Novo Normal que entra em vigor a partir da segunda-feira (8). O documento traz recorte da…

LimpMax não paga funcionários e bairros de JP podem ficar sem coleta de lixo

Em julho do ano passado, a LimpMax, empresa sousense especializada na limpeza de resíduos sólidos, assinou contrato no valor de R$ 88 milhões com a Autarquia Municipal Especial de Limpeza…