Por pbagora.com.br

A criação da Empresa Paraibana de Comunicação, a EPC, deve enxugar os gastos com a máquina pública na área da Comunicação Institucional. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (02) pelo secretário de Comunicação do Estado, Luís Torres,

Segundo Tôrres, a empresa vai contar com 83 pessoas em sua composição, reduzindo os gastos para que os recursos sejam aplicados em outras ações.

– Isso já era um projeto que vinha sido estudado ao longo do governo Ricardo Coutinho e a discussão amadureceu e deu possibilidade de que isso pudesse ser assinado hoje. A empresa vai funcionar com 83 cargos. A iniciativa é para que o governo possa gastar mais com atividade fim do que com atividade meio – disse.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Nota Cidadã: compras em março concorrem a R$ 60 mil

O Programa Nota Cidadã disponibiliza, neste mês de março, mais R$ 60 mil em prêmios, que serão distribuídos em 21 sorteios, sendo 20 prêmios no valor de R$ 2 mil…

Mulher morre em Hospital de Sapé e família aponta negligência

Após uma mulher morrer no Hospital Municipal Sá Andrade de Sapé, sem conseguir ser transferida para o Hospital Universitário de João Pessoa, a unidade de saúde do interior da Paraíba…