O deputado federal Julian Lemos, do PSL, instigou mais ainda a briga dentro do PSB paraibano e, apesar de não integrar a base do Governo, fez uma postagem em suas redes sociais nesta quinta-feira (05) atacando a postura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e em defesa do atual governador João Azevêdo (sem partido), a quem classificou como bem-intencionado, sério e humilde.

Na postagem, intitulada, ‘Ricardo Coutinho explica Ricardo Coutinho’, Julian lamenta o fato de o socialista só priorizar o plano de poder, em vez de um plano de governo. Para ele, Coutinho tentou botar em prática uma ditadura disfarçada de democracia.

“O rei caído não admite que seu ciclo tenha acabado, e terá sorte se não culminar preso, pois os escândalos de corrupção que estavam ao seu redor não têm até agora deixado de lhe macular, ainda que indiretamente”, disse

CONFIRA A POSTAGEM NA ÍNTEGRA

Ricardo Coutinho explica Ricardo Coutinho.

Em uma nota de puro ódio, rancor e mágoa gerada por sua perda de autonomia de um imaginário terceiro governo, o ex-Governador que tinha um plano totalitário de governo ininterrupto, o famoso “plano de poder” se vê “nu”, pois é, o rei está nu, e ninguém avisou.

Ao perceber que não irá por em prática uma ditadura disfarçada de democracia, lhe resta atacar e rotular seu sucessor como um ingrato que ele mesmo é ao depreciar quem lhe ajudou tanto tempo.

O rei caído, acusa os outros do que ele é, assim como a esquerda gosta de fazer, quem é Ricardo Coutinho para falar em destruir reputações e perseguir adversários ? Melhor, destruir adversários, aliás era mestre nisso, que o diga o ex-Senador Cícero Lucena e vários jornalistas.

O rei caído não admite que seu ciclo tenha acabado, e terá sorte se não culminar preso, pois os escândalos de corrupção que estavam ao seu redor não têm até agora deixado de lhe macular, ainda que indiretamente.

Eu não tenho procuração, não sou base do Governo do João Azevedo, nem faço parte de sua agremiação partidária, mas, posso falar do que vi, um homem de bem, bem intencionado, sério, e humilde. Sim, João Azevedo é humilde, algo que seu antecessor desconhece, talvez seja isso que ele não tenha percebido ou melhor, por esse motivo colocou João como sucessor, muitos anos ao lado do Ricardo, e só agora ele viu que o Governador é traídor? Só por que não tem autoridade sobre esse novo governo? Ricardo Coutinho, NÃO TRATE O POVO DA PARAÍBA COMO SUA MILITÂNCIA !

Nem todos recebem como codificados, nem todos pensam como você, nem todos concordam com os escândalos de corrupção que seu governo praticava, você passou, a Paraíba não, ela tem quase 500 anos, não é apenas de 8 anos para cá. O reinado acabou, ou melhor dizendo, a tirania de um homem frio, agressivo e prepotente. O nosso estado trilha um por um novo caminho, Viva a Paraíba, o governo é do povo, não de um partido.

View this post on Instagram

Ricardo Coutinho explica Ricardo Coutinho. Em uma nota de puro ódio, rancor e mágoa gerada por sua perda de autonomia de um imaginário terceiro governo, o ex-Governador que tinha um plano totalitário de governo ininterrupto, o famoso "plano de poder" se vê "nu", pois é, o rei está nu, e ninguém avisou. Ao perceber que não irá por em prática uma ditadura disfarçada de democracia, lhe resta atacar e rotular seu sucessor como um ingrato que ele mesmo é ao depreciar quem lhe ajudou tanto tempo. O rei caído, acusa os outros do que ele é, assim como a esquerda gosta de fazer, quem é Ricardo Coutinho para falar em destruir reputações e perseguir adversários ? Melhor, destruir adversários, aliás era mestre nisso, que o diga o ex-Senador Cícero Lucena e vários jornalistas. O rei caído não admite que seu ciclo tenha acabado, e terá sorte se não culminar preso, pois os escândalos de corrupção que estavam ao seu redor não têm até agora deixado de lhe macular, ainda que indiretamente. Eu não tenho procuração, não sou base do Governo do João Azevedo, nem faço parte de sua agremiação partidária, mas, posso falar do que vi, um homem de bem, bem intencionado, sério, e humilde. Sim, João Azevedo é humilde, algo que seu antecessor desconhece, talvez seja isso que ele não tenha percebido ou melhor, por esse motivo colocou João como sucessor, muitos anos ao lado do Ricardo, e só agora ele viu que o Governador é traídor? Só por que não tem autoridade sobre esse novo governo? Ricardo Coutinho, NÃO TRATE O POVO DA PARAÍBA COMO SUA MILITÂNCIA ! Nem todos recebem como codificados, nem todos pensam como você, nem todos concordam com os escândalos de corrupção que seu governo praticava, você passou, a Paraíba não, ela tem quase 500 anos, não é apenas de 8 anos para cá. O reinado acabou, ou melhor dizendo, a tirania de um homem frio, agressivo e prepotente. O nosso estado trilha um por um novo caminho, Viva a Paraíba, o governo é do povo, não de um partido. #JulianLemosDeputadoFederaldaParaiba #OFederaldaSegurancaPublica #DeputaddaSegurancaPublica #AvozdaParaiba #NaoeUmMandatoeUmaMissao

A post shared by Julian Lemos Dep. Federal (@julianlemosdeputadofederalpb) on

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Emendas do senador Veneziano asseguram obras do Mercado Público e quadra de esportes em Caraúbas

Em agradecimento público aos recursos destinados pelo senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) para a construção da nova estrutura de mercado público e da quadra de esportes do Estádio José…

Paraíba reduz em mais de 60% o número de ataques a bancos em 2019

A onda de ataques a bancos e caixas eletrônicos na Paraíba foi contido. As explosões que diariamente amedrontavam os paraibanos diminuíram significativamente em 2019. De acordo com os dados do…