Por pbagora.com.br
 
 

A Livraria Leitura usou seu perfil numa rede social para emitir nota com relação ao episódio de possível caso de discriminação racial em loja localizada no Mangabeira Shopping em João Pessoa.

De acordo com denúncia feita por dois jovens através das redes sociais, eles teriam sido vítimas de racismo na Livraria Leitura. Lucas Mendes e Ana Dindara registraram Boletim de Ocorrência onde afirmam terem sido constrangidos na última quarta-feira (2).

Segundo eles, um funcionário da loja teria seguido os jovens pelo fato de serem negros. Em suas redes sociais, Ana e Lucas declaram que o coordenador da loja, Felipe Hamurabi, usou a colocação “porque pessoas iguais a vocês tem esse perfil mesmo, é normal”.

Na nota, a “Livraria Leitura repudia e não se omite em nenhum caso de discriminação” e acrescentou que buscará “um canal aberto de comunicação com os envolvidos com o intuito de manter nossos clientes satisfeitos e presentes na nossa história”.

Confira nota da Livraria Leitura:

 

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em CG, funcionário que denunciou cliente por injúria racial forjou crime, diz polícia

Em dezembro do ano passado, a dona de uma lanchonete prestou um Boletim de Ocorrência após uma cliente, supostamente, enviar mensagens de cunho racista, através de uma rede social, contra…

Covid: Estado detalha plano de vacinação para os municípios

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou, nesta quinta-feira (14), uma série de reuniões de orientação para a vacinação contra a Covid-19. A agenda é voltada para os secretários…