Por pbagora.com.br

Em nota emitida no início da noite desta quinta-feira (13), a Associação Paraibana de Imprensa lamentou o que chamou de “declaração infeliz” do empresário e ex-senador Roberto Cavalcanti.

Segundo a nota, a imprensa vem sendo constantemente atacada até mesmo pelo presidente da República e mais incentivo a esses ataques, como fez Roberto Cavalcanti, tem causado inclusive agressões físicas.

Confira nota da API na íntegra:

API lamenta declaração infeliz de empresário Roberto Cavalcanti

A Associação Paraibana de Imprensa foi surpreendida na tarde desta quinta-feira, 14, com a declaração mais que infeliz do empresário e ex-senador, Roberto Cavalcanti. Em comentário durante o programa Correio Debate, da rádio 98 FM, um dos veículos do Sistema Correio, conglomerado comandado pelo empresário, e ao questionar os dados do Covid-19 no Brasil, Roberto defendeu o apedrejamento de jornalistas e radialistas que noticiam as mortes causadas pelo Coronavírus.

O Brasil atravessa um dos momentos mais controversos para atuação da imprensa, já que o próprio presidente da República e outros políticos atacam rotineiramente os profissionais e a atividade de jornalismo. Portanto, não precisamos de mais ninguém a incentivar esses ataques, que já saíram do campo da agressão verbal e ganhou episódios de agressão física.

A fala do empresário além de infeliz, contradiz toda história de bravos profissionais que passaram e ainda labutam no seu próprio sistema de Comunicação e também são vítimas da escalada crescente de intimidação e violência contra profissionais de imprensa.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fundac altera cronograma do concurso para contratação de 400 agentes

O concurso público para o preenchimento de 400 vagas de agentes socioeducativos da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) foi retomado em agosto e…

Dia do Servidor Público: veja repartições públicas da Paraíba que fecham nesta 4ª

O feriado do Dia do Servidor Público é comemorado no dia 28 de outubro, mas será transferido, em alguns órgãos públicos da Paraíba, para a sexta-feira (30). Confira a lista…