A partir do primeiro dia do ano de 2018, o sistema de ônibus de Campina Grande não mais aceitará o recebimento de pagamento de tarifa em dinheiro. A partir das 20h, somente bilhetagem eletrônica será aceita.

O objetivo, segundo o  Conselho Municipal de Transporte Público (COMUTP) de Campina Grande, é reduzir a circulação de dinheiro nos veículos de transporte coletivo que circulam na cidade no horário noturno. A medida foi adotada também devido aos assaltos recorrentes. O Conselho ainda estuda adotar a medida em todos os horários, já que o Ministério Público do Trabalho ingressou com ação contra a Prefeitura Municipal, a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) e empresas de ônibus pela imposição de dupla função ‘motorista-cobrador’ aos funcionários.

O cartão de passagem, segundo o gerente de Transporte da STTP, Henrique Castro, é disponibilizado gratuitamente precisando apenas que o usuário vá a um dos 100 pontos de venda autorizados para recarregar o cartão.

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nos EUA, Eduardo Carneiro projeta a PB internacionalmente

Em meio a tanto ‘rame-rame’, falta de projetos e discussões intermináveis sobre a Operação Calvário, um político vem se destacando por sair desse cenário que nada acrescenta para a população…

Eduardo Bolsonaro posta foto com rosto de Joice em cédula de R$ 3

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, postou em suas redes sociais uma montagem onde aparece o rosto da deputada federal Joice Hasselman (PSL-SP) sobre uma…