Por pbagora.com.br

Após assembleia realizada nesta terça-feira (22), a Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) decidiu processar a jornalista e ex-preimeira dama da Paraíba, Pâmela Bório, judicialmente.

De acordo com o Blog do Diego Lima, a presidente da associação, Aparecida Gadelha, informou que “a Associação decidiu ajuizar ação cível contra os ataques da jornalista, pois somente no âmbito cível a Associação detém legitimidade.”

Segundo Aparecida, a AMPB não tem legitimidade para propor ação criminal. Por isso, estará disponibilizando o advogado da associação para que magistrados afetados por declarações de Pâmela e que tenham interesse em demandar pessoalmente no âmbito criminal, possam desde já entrar em contato com o profissional.

 

Com informações do Blog do Diego Lima

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Chuvas deixam mais de oito mil famílias sem energia na Grande JP

As fortes chuvas que caem na grande João Pessoa desde as primeiras horas desta sexta-feira (26) deixaram mais de oito mil famílias sem energia elétrica. De acordo com a Energisa,…

Wilson Filho destaca investimento milionário do Governo da PB em obras para CG

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Wilson Filho (PTB), concedeu entrevistas para emissoras de rádio em Campina Grande e destacou os investimentos do Governo do Estado…