Após assembleia realizada nesta terça-feira (22), a Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) decidiu processar a jornalista e ex-preimeira dama da Paraíba, Pâmela Bório, judicialmente.

De acordo com o Blog do Diego Lima, a presidente da associação, Aparecida Gadelha, informou que “a Associação decidiu ajuizar ação cível contra os ataques da jornalista, pois somente no âmbito cível a Associação detém legitimidade.”

Segundo Aparecida, a AMPB não tem legitimidade para propor ação criminal. Por isso, estará disponibilizando o advogado da associação para que magistrados afetados por declarações de Pâmela e que tenham interesse em demandar pessoalmente no âmbito criminal, possam desde já entrar em contato com o profissional.

 

Com informações do Blog do Diego Lima

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Barreiras sanitárias: ao menos 50 veículos foram impedidos de circular só no Acesso Oeste

Nesta quinta-feira (04) a fiscalização efetiva dos decretos estadual e municipal, que preveem medidas mais rígidas de isolamento social, através das barreiras sanitárias, impediu ao menos 50 veículos de continuarem…

TRF da 5ª Região confirma improcedência de ação contra Veneziano

Em julgamento virtual ocorrido no dia 02 desta semana, a 2º Turma do Tribunal Regional Federal – TRF da 5ª Região, à unanimidade, manteve a sentença que julgou improcedente Ação…