Nos oito primeiros meses deste ano, o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, realizou 8.195 atendimentos relacionados a acidentes de trânsito. Quando comparado ao mesmo período do ano anterior, a variação teve um aumento de 881 casos.

Entre os tipos de acidentes mais frequentes, destaque para os de moto, que representaram 6.038 casos (5.712 em 2018). Os outros casos se dividem em atropelamentos (422 em 2019 e 440 em 2018), acidentes de bicicleta (599 em 2019 e 557 em 2018) e acidentes de carro (1.136 em 2019 e 605 em 2018).

De janeiro a agosto deste ano, no Hospital de Trauma de Campina Grande 60 pacientes vítimas de acidentes com motocicleta vieram a óbito. Desse total, 50 eram homens. No mesmo período do ano passado foram 74 óbitos sendo 60 homens.

A unidade de saúde disponibiliza 292 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico.

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes de Campina Grande é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de alguns municípios do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TRF5 funcionará em regime de plantão durante feriado da Semana Santa

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 vai funcionar em regime de plantão judicial, durante o feriado da Semana Santa, que vai desta quarta-feira (8) até o próximo…

Eleições: no PL, Durval aposta alto e prevê quatro cadeiras para sigla na CMJP

O vereador licenciado e secretário de Ciência e Tecnologia do Município de João Pessoa, Durval Ferreira, do Partido Liberal, falou sobre como tem articulado o partido para as eleições municipais…