Por pbagora.com.br

Os brasileiros que estão com o título de eleitor cancelado têm até 6 de maio para regularizar a situação perante à Justiça Eleitoral. Quem perder o prazo, não poderá votar nas eleições municipais, previstas para outubro deste ano. O pleito vai definir os prefeitos e vereadores nos mais de cinco mil municípios do país.

No ano passado, cerca de 2,4 milhões de eleitores tiveram seus títulos cancelados porque deixaram de votar e justificar a ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno é contabilizado como uma eleição.

Para regularizar o título, o cidadão deve ir ao cartório eleitoral próximo à sua casa, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Cada turno que o eleitor deixou de comparecer gera uma multa de R$ 3,51.

As pessoas devem ficar atentas, pois caso deixem de regularizar o documento, não ficam apenas impedidas de votar. Entre as restrições, por exemplo, estão: não poder tirar o passaporte, nem tomar posse em cargos públicos ou fazer matrícula em instituições públicas.

Cada eleitor pode consultar a própria situação no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Cerca de 146 milhões de pessoas estarão aptas a votar.

Notícias relacionadas

Concurso da PMJP: Semob conta com esquema especial de trânsito e transporte

Para garantir o ordenamento viário no entorno das escolas onde estarão sendo aplicadas as provas do concurso da Prefeitura de João Pessoa, neste domingo (13), a Superintendência Executiva de Mobilidade…

Vereadora de Piancó é intubada com 80% dos pulmões comprometidos

A vereadora de Piancó Erilene Alves da Silva Azevedo de Lacerda (Progressistas), de 40 anos, foi intubada nessa sexta-feira (11) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de…