Em entrevista ao Bom dia Brasil (TV Globo), na manhã desta quarta-feira (11) o deputado Efraim Filho (DEM/PB) se posicionou contra a proposta que estabelece um novo imposto.

A ideia, conforme o parlamentar, não vai prosperar no Congresso e que a nova CPMF é um assunto natimorto. Para Efraim, o projeto não passará nem nas comissões nem no plenário da Câmara.

“A Câmara dos Deputados reagiu ao novo imposto, apresentado como Contribuição sobre pagamento (CP), tão logo foi anunciado durante o Fórum Nacional Tributário, realizado em Brasília. A alíquota seria a mesma em operações de débito e crédito, mas nesse caso a cobrança se daria em duas partes – 0,2% sobre quem está fazendo o pagamento e 0,2% sobre quem está recebendo”, explicou

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeitura de CG e secretarias não terão expedientes nesta sexta

Apesar de não haver expediente nas repartições públicas nesta sexta-feira, 15, por conta do feriado pela Proclamação da República,  os serviços essenciais oferecidos pela Prefeitura Municipal de Campina Grande serão…

Governo firma protocolo com empresa para oferta de trabalho para reeducandos

O Governo do Estado avança nas políticas de ressocialização de reeducandos do sistema penitenciário. Nos próximos dias, começa a seleção de 30 apenados dos regimes aberto, semiaberto e em livramento…