Gas dispenser for refuel natural gas and methane

Após a queda no preço do Gás Natural Veicular (GNV) e os aumentos no preço da gasolina, o patamar de economia do gás natural chega a 29% em João Pessoa e 24% em Campina Grande.   A economia para quem roda em média 100 km por dia, no GNV, pode chegar a R$ 292,00 no comparativo com a gasolina.

Segundo dados do aplicativo “Preço da Hora”, o menor preço no GNV pode ser encontrado a R$ 3,13, enquanto o da gasolina, após dois reajustes repassados para o consumidor, é de R$ 3,58. Neste contexto, o GNV passa a ter uma competitividade de 29% na Capital, de acordo com a relação valor do combustível, desempenho e distância percorrida, em relação à gasolina.

Para se ter ideia da economia, um quilômetro percorrido com GNV custa R$ 0,24 contra R$ 0,32 na gasolina. O motorista que rodar 100 km por dia, por exemplo, terá uma economia de aproximadamente R$ 292,00 por mês e R$ 3.505,00 no ano na capital.

Já em Campina Grande, apesar da tarifa cobrada pela PBGÁS aos postos da região ser a mesma que é cobrada aos postos de João Pessoa e demais municípios atendidos pela PBGÁS, o metro cubico caiu para R$ 3,54 nas bombas, enquanto a gasolina pode ser encontrada a R$ 3,78. Lá a competitividade do GNV em relação à gasolina é de 24%.  A tarifa do metro cúbico do GNV cobrado pela PBGÁS aos postos de todo o Estado é de R$ 2,61 (já com impostos), desde o dia 1° de maio.

A diretora-presidente da PBGÁS, Taciana Amaral, destacou que o mercado já sinaliza uma competitividade de quase 30% do GNV em relação à gasolina, o que é significativo, neste momento de enfrentamento a uma grave crise de pandemia e para os motoristas de aplicativos e taxistas. “A PBGÁS tem feito um esforço conjunto com os donos de postos para a retomada da competitividade do GNV neste momento delicado da economia. Acreditamos na continuidade da recuperação do segmento GNV na Paraíba o que refletirá nos resultados para quem trabalha com o carro”.

Para o gerente de mercado automotivo e industrial da PBGÁS, Alairson Gonçalves Filho, o GNV oferece benefícios que vão além da economia no fim do mês.  Segundo ele, as estimativas são que novas reduções para o GNV aconteçam,  enquanto o preço da gasolina deve se manter em alta.  “A PBGÁS reafirma seu compromisso e espera que a economia proporcionada pelo GNV possa apoiar seus usuários durante a retomada da economia”, completou Alairson.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Martha Rocha, a primeira Miss Brasil, morre no Rio de Janeiro

De acordo com informações, ela sofreu um infarto, com parada respiratória, foi levada para um hospital, mas não chegou à tempo A primeira Miss Brasil, Maria Martha Hacker Rocha, morreu…

João: retomada de obras suspensas pela pandemia restabelecerá empregos

O governador João Azevêdo anuncia nesta segunda-feira (6), às 10h, por meio de transmissão ao vivo em seus perfis oficiais e nas páginas oficiais do Governo da Paraíba no YouTube…