Por pbagora.com.br

O governador João Azevêdo voltou a pedir o comprometimento dos paraibanos com relação as medidas restritivas de combate à covid-19 em todo o estado.

De acordo com João durante o programa Conversa com Governador desta segunda-feira (08), a velocidade da propagação da covid-19 está muito grande e que no início da pandemia a gestão fez o enfrentamento sem haver colapso, porém da forma que está dessa vez, exige um esforço ainda maior tanto dos gestores quanto da população.

“Vivemos o pior momento com a velocidade em que a doença está se propagando no Estado. Ano passado fizemos o enfrentamento sem ter um colapso. Mas esse ano, o contágio está sendo muito maior com a demanda por leitos. Já discutimos com prefeitos e os Ministérios Públicos para sabermos conduzir da melhor forma as decisões. É hora de pensar nas pessoas que você ama. Depois de um ano de luta, a pandemia vai exigir ainda mais esforço de todos. É hora de solidariedade e de luta pela vacina e a vida”, disse, complementando:

“Não é fácil para um gestor anunciar o fechamento de uma atividade econômica. Por isso, peço mais esforço de todos e fazendo nossa parte evitaremos um colapso na saúde. Cumpra o isolamento social, cada dia nessa guerra são dezenas de vida que iremos salvar”, pontuou.

PB Agora

 

Notícias relacionadas

Com chegada de novas doses, PB passa da marca de 1 milhão de vacinas distribuídas

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (16), 1.124 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 107 (9,51%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.017 (90,48%) são…

Opinião: acuado com CPI da covid, Bolsonaro envia Queiroga a PB e garante 300 leitos de UTI para tratamento da doença

A visita do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a Paraíba foi salutar para o estado como um todo. Ele atendeu as reivindicações do governador João Azevêdo (Cidadania) em implantar novos…