A Paraíba o tempo todo  |

Durante reunião, Conselho de Defesa do Meio Ambiente define prioridades para CG

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Conselho de Defesa do Meio Ambiente (Codema), órgão vinculado à Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente de Campina Grande, se reuniu na última quinta-feira, para traçar as metas de trabalho para a atual gestão e definiu como prioridades acompanhar o projeto de revitalização do Parque Evaldo Cruz (Açude Novo); a implantação do Parque do Poeta, área verde que será preservada na Alça Leste da cidade; e o projeto de limpeza e despoluição do Açude Velho. Os projetos, já em andamento, são prioridades da gestão do prefeito Bruno Cunha Lima, na área ambiental.

De acordo com o presidente do Conselho, secretário Geraldo Nobre Cavalcante, o Codema foi criado ainda na gestão Romero Rodrigues, com o objetivo de definir as diretrizes da política ambiental do Município, promovendo no âmbito da sua competência, a regulamentação de legislação capaz de apresentar sugestões e soluções para preservação, conservação, defesa, recuperação e melhoria do meio ambiente natural, artificial e laboral, no território de Campina Grande.

A reunião deliberativa contou com a presença dos representantes do Crea, Antônio Ferreira Filho e Ewerton Bronzeado; da UFCG, professora Luíza Cirne; da engenheira ambiental Denise Sena (Sesuma); Ronaldo Rodrigues (Semas); Hércules Cesário (Vigilância Ambiental); professora Robênia Nunes (Secretaria de Educação); Maria das Graças Tavares Neli, (Forum Municipal do Bem Estar Animal – Fombea); Cláudio Brandão (Semas); Sinésio Alves (Uces); e técnicos ambientais.

O presidente do Codema explicou que foi a partir da criação desse órgão que muitas ações ambientais avançaram na cidade, como a criação dos programas Minha Árvore e Recicla Campina; a revitalização do viveiro de mudas; o programa de recolhimento de pneus inservíveis e de lixo eletrônico; além do trabalho de proteção à flora e à fauna do município. O Conselho também vem atuando na preservação de áreas florestais na região de São José da Mata.

“Uma cidade que não preserva sua flora e fauna, corre o risco de sofrer sérios danos ambientais. Por isso criamos esse Conselho e, periodicamente, nos reunimos para decidir prioridades. Na próxima quinta-feira, os integrantes do Codema visitarão o Parque do Poeta, um dos projetos prioritários para o prefeito Bruno Cunha Lima e que será acompanhado de perto pelo Conselho”, disse Geraldo Nobre.

Ainda na reunião, foi definida a criação de subcomissões para descentralizar as ações do Conselho Ambiental e, a partir de agora, esses grupos terão missões especificas, buscando agregar outros segmentos, principalmente da iniciativa privada, para que Campina Grande amplie cada vez mais suas ações de combate à depredação do meio ambiente e os cuidados com a preservação das reservas e áreas ambientais existentes no Município.

“O prefeito Bruno Cunha Lima nos deu carta branca para tomarmos as decisões pertinentes às nossas ações e não vamos relaxar, na missão de transformar nossa cidade, numa cidade verde e menos poluída”, concluiu.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe