Por pbagora.com.br

A duplicação da avenida Cruz das Armas, em Oitizeiro, no trecho entre o viaduto da BR-230 e o cemitério foi discutida no Departametno Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília. O projeto está orçado em R$ 5 milhões.

A obra vai possibilitar o desafogamento do trânsito, principalmente nos horários de pico. O secretário de Infraestrutura do Município, João Azevêdo, participou da audiência. “A reunião foi para se definir as ações técnicas necessárias para a viabilização desses recursos”, reforçou.
 

Na próxima semana será encaminhada uma nova documentação justificando a liberação dos recursos através do Ministério dos Transportes. Essa foi à segunda vez que representantes da Prefeitura de João Pessoa e do Dnit se reúnem para discutir esse tema.
 

No trecho em discussão o trânsito é mão e contramão e concentra um grande número de veículos, razão pela qual também se registra alto índice de acidentes envolvendo veículos e pedestres.
 

Na reunião, foi discutida também a execução das obras do viaduto de Tambauzinho, ligando a avenida Júlia Freire (Torre) à Gerald Mariz, sobre a BR-230, e de duas passarelas sobre a BR-230 localizadas próximo ao Centro Administrativo Municipal (CAM) e no bairro João Agripino. Para o projeto do viaduto está prevista a liberação de aproximadamente R$ 1 milhão. A Prefeitura de João Pessoa aguarda apenas o resultado da análise técnica do Dnit para a realização da licitação. A liberação da análise técnica para a construção das passarelas está sendo aguardada para esta sexta-feira (2). Os recursos para a obra são estimados em R$ 1,2 milhão.
 

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Criança de 5 anos morre com suspeita de dengue, na Paraíba

No último domingo (09), uma criança de 5 anos morreu em Patos, Sertão da Paraíba. A suspeita é de que a menina tenha falecido por dengue. De acordo com Jaqueline…

Guedes diz que reforma administrativa será moderada

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou como bastante moderada a proposta do governo de reforma administrativa, em audiência pública, hoje (11), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da…