A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo desenvolvido pela Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio da Capital – DCCPES (Homicídios), deflagrou na madrugada de hoje (12), a Operação Gold Chain que culminou com a prisão em flagrante de JOSIAS PEREIRA DA SILVA (44) e ISAIAS DA SILVA PEREIRA (19), pai e filho, respectivamente, responsáveis pela morte da vítima URENILDO FARIAS DA CUNHA, fato ocorrido no dia 07/12/2019.

URUPIO, como era conhecido na sociedade, estava na Praia do Caribessa, por volta das 08h00min, quando sofreu um disparo de arma de fogo no peito.

A investigação apurou que ISAIAS e um segundo indivíduo ainda não identificado abordaram a vítima no instante em que descansava à beira-mar, com o objetivo de roubar-lhe o cordão de ouro. Durante a ação, a vítima tentou agarrar o executor e por isso acabou sendo alvejada no peito por um disparo cal. 32. Enquanto isso, JOSIAS espera para dar fuga aos criminosos utilizando-se de um veículo Renalt Sandero, cor prata, placa OQY-5961, o qual tinha sido alugado para realizar assaltos na orla da Capital.

JOSIAS foi preso no bairro do Bessa, o mesmo onde ocorreu o fato, ainda na noite de ontem, ocasião em que também foi apreendido o veículo utilizado no crime.

Já ISAIAS foi preso na cidade de Olinda/PE, após incursões na Comunidade Tabajara, nas primeiras horas de hoje.

Ambos confessaram o crime com riqueza de detalhes.

A equipe da Homicídios estará à disposição da imprensa a partir das 10h00min, onde será concedida coletiva.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

População reage a carreata jogando ovos, xingando e fazendo panelaço em JP

A população reagiu forte a carreata realizada neste sábado em João Pessoa. Jogando ovos, xingando e fazendo panelaço, os pessoenses reagiram com indignação a carreata. Promovida por apoiadores do presidente…

Criminosos usam nome de secretário Geraldo Medeiros para golpe

Diante da necessidade que a população de obter informações sobre as medidas de prevenção do novo coronavírus, os criminosos usaram o nome do secretário de Saúde Geraldo Medeiros para aplicar…