Diretores e gerentes do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba estarão nesta sexta-feira (15) inspecionando a pavimentação dos dois trechos restantes que faltam para completar o Anel do Cariri, maior obra do Programa Caminhos da Paraíba, contemplando 11 municípios e uma população de 124.494 habitantes, além de milhares de usuários que trafegam pela rodovia diariamente.

 

O superintendente Carlos Pereira de Carvalho e Silva estará acompanhado dos diretores de Operações, Armando Marinho; e de Planejamento e Transporte, José Arnaldo Souza Lima, além dos gerentes de Obras, Aluízio Lucena Júnior, e de Manutenção, Armando Ataíde.

 

A pavimentação do Anel do Cariri já tirou do isolamento com rodovias asfaltadas as cidades de São Domingos do Cariri, Caraúbas, Congo, Camalaú, São João do Tigre e São Sebastião do Umbuzeiro, todas já inauguradas.

Carlos Pereira, ao destacar a pavimentação da maior obra rodoviária do Governo Ricardo Coutinho, disse que a princípio o Anel do Cariri estará concluído até o final de março de 2018, sendo que o trecho São João do Tigre/Camalaú poderá ser entregue ainda este ano.

 

Lembra o dirigente que a pavimentação do Anel do Cariri traz a modernização da infraestrutura rodoviária de uma das maiores regiões do Estado, além de ser, também, bastante sofrida por conta da seca. Seguramente, a rodovia, juntamente com a transposição das águas do Rio São Francisco, melhora a qualidade de vida dos habitantes, aumenta a oferta de emprego e renda e oferece mais segurança aos seus usuários.

 

Secom-PB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher com substância análoga à cocaína é presa em São Mamede

Na noite dessa segunda-feira, dia 24, a PRF da Paraíba prendeu uma mulher que transportava em um táxi cerca de 220 gramas de substância análoga à cocaína na cidade de…

Eleitor tem até 6 de maio para regularizar título junto à Justiça Eleitoral

Os brasileiros que estão com o título de eleitor cancelado têm até 6 de maio para regularizar a situação perante à Justiça Eleitoral. Quem perder o prazo, não poderá votar…