O protesto desta sexta-feira (14), em João Pessoa, também impede a circulação de ônibus de transporte coletivo. No bairro José Américo, a entrada da empresa Transnacional foi bloqueada para evitar a circulação dos veículos. Eles atearam fogo em pneus, bloqueando a saída dos veículos.

Conforme o presidente do sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP), Isaac Júnior Moreira, apenas poucas unidades estão circulando nesta manhã.

“Operação absolutamente comprometida com bloqueio nas garagens. Praticamente não há ônibus circulando”, informou.

Além da entrada da empresa Transnacional,  a garagem da São Jorge, em Costa e Silva, também foi bloqueada em decorrência da ‘greve geral’, convocada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Pontos de bloqueio:

Bairro do José Américo, na saída da empresa de ônibus Transacional
Bairro dos Bancários, na saída do bairro sentido Centro
Bairro do Costa e Silva, na saída da empresa de ônibus São Jorge
Bairro do Oitizeiro, no viaduto das três lagoas sentido Centro
Bairro do Varadouro, no Centro, na CBTU

 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ANA autoriza abertura de comporta do açude Boqueirão para abastecer Acauã, PB

A Agência Nacional das Águas (ANA) autorizou a abertura da comporta do açude Epitácio Pessoa, conhecido como Boqueirão, no Cariri da Paraíba, com o objetivo de abastecer a barragem de…

Galdino destaca trabalho intenso da Assembleia para combater impactos da Covid

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, fez um balanço, na noite desta segunda-feira (1), em live nas redes sociais, das atividades realizadas pela Casa durante a…