A Polícia Militar prendeu, entre a noite dessa quarta e madrugada desta quinta-feira (21), os três suspeitos que estariam envolvidos em vários roubos de carros e estabelecimentos comerciais na cidade de Campina Grande, principalmente no período em que o município realiza os festejos juninos. Um dos homens era procurado pela Justiça do Rio Grande do Norte, onde responde pelo crime de homicídio. O trio foi interceptado quando estava se preparando para assaltar um posto de combustíveis, no bairro do Bodocongó.

 

Uma equipe do 2º Batalhão, comandada pelo tenente Augusto, passava pelo local e interceptou o grupo, que estava em um carro roubado de uma mulher, na mesma noite, no bairro do Cruzeiro. Os suspeitos chegaram a atirar contra os policiais para tentar fugir, tendo início uma troca de tiros.

 

Um deles, de 19 anos, foi preso em flagrante no local com o carro roubado e várias ferramentas usadas nas ações criminosas. Os outros dois, de 30 e 20 anos, foram presos já na madrugada desta quinta-feira, durante as buscas realizadas no bairro do Bodocongó. Com eles, foi apreendido o revólver usado na troca de tiros, que estava com munições deflagradas.

 

Os três foram apresentados na Central de Polícia Civil, em Campina Grande. Eles devem responder, além dos outros crimes, também por tentativa de homicídio, já que durante a abordagem no posto de combustíveis, chegaram a atirar contra a viatura policial e um dos tiros pegou no colete balístico do tenente.

 
 
 

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem é preso após ameaçar perfurar coração da própria mãe em JP

A Polícia Militar prendeu ontem, sábado (19), um homem de 32 anos após ele ameaçar perfurar o coração da própria mãe. O caso aconteceu no bairro Alto do Mateus, em…

Crea alerta para perigo com prédio antigo e inacabado em Campina Grande

No começo dessa semana, o Brasil acompanhou a tragédia com o desabamento do Edifício Andrea em Fortaleza. O caso acendeu uma alerta para os prédios antigos e inacabados. Em Campina…