Por pbagora.com.br

Uma proposta de autoria do deputado estadual Walber Virgulino, com o apoio dos membros da oposição, pedindo o impeachment do governador João Azevêdo (Cidadania), foi protocolada, junto à Mesa Diretora, na manhã desta quarta-feira (05), no momento que o governador ainda se encontrava no plenário da Assembleia, para abertura dos trabalhos legislativos.

A alegação do parlamentar para a proposta é de que tanto o governador, quanto a vice, Lígia Feliciano, não atuam “de modo compatível com a dignidade, a honra e o decoro no cargo”.

Os oposicionistas também alegam que o governador e a vice não tornam “efetiva a responsabilidade de seus subordinados, quando manifesta em delitos funcionais”.

VEJA O DOCUMENTO

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid: 11 mortes são registradas nas últimas 24 na Paraíba

Nesta quarta, 02 de dezembro, a Paraíba registrou 734 novos casos de Covid-19 e 11 óbitos confirmados desde a última atualização, 09 deles nas últimas 24h. Até o momento, 146.528…

Após aprovação de lei que viabiliza leilões, Detran buscará esvaziar pátios em 2021

Projeto de Lei que viabiliza novos leilões do Detran-PB é aprovado pela Assembleia Legislativa A Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou, nesta quarta-feira (2), o Projeto de Lei 1.301/2019, que viabiliza…