Por pbagora.com.br

A CCJ da Assembleia aprovou, ontem, o Projeto de Lei do deputado Tovar Correia Lima, que dispõe sobre a cassação da eficácia da inscrição de posto ou revendedor de combustíveis, no cadastro de contribuintes do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), na Paraíba.

Para a presidente da CCJ, deputada Estela Bezerra, o projeto reforça o direito do consumidor, impedindo a comercialização de postos que não estiverem de acordo com a legislação nacional e estadual. “O que tem acontecido muito hoje é ver postos que estão utilizando a bomba com a finalidade de colocar mais gasolina do que os tanques dos carros suportam e isso foi uma das questões tratadas neste projeto de lei, que visa punir e deixar sem o direito fiscal e a legalidade os postos que aplicarem esse tipo de fraude ao consumidor”, afirmou.

Ainda na reunião, os deputados da comissão deram constitucionalidade ao Projeto de Lei 1.858/2018, também de autoria de Tovar, que cria a Carteira de Identificação do Autista (CIA) para a pessoa diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA). “A iniciativa visa permitir que as crianças autistas tirem uma carteira, identificando-a como autista e que, consequentemente, dê prioridade ao atendimento”, explicou a deputada Estela.

Redação

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Notícias relacionadas

Supermercado de CG deve indenizar cliente por furto em estacionamento

O supermercado Extra (Companhia Brasileira de Distribuição) deverá pagar a quantia de R$ 5 mil, a título de indenização por danos morais, a um cliente que teve objetos furtados de…

Covid: PB registra 24 mortes nesta sexta; JP e CG lideram registros de novos casos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (14), 1.365 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 117 (8,57%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.248 (91,42%) são…