Após ter pedido de Habeas Corpus recusado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) a defesa do empresário Roberto Santiago, já no dia de ontem impetrou um Habeas Corpus com pedido de liminar no STJ. Quem assina o pedido é o advogado Ricardo Tosto. O relator é Félix Fischer, que deverá decidir a liminar já nas próximas horas.

Roberto Santiago foi preso no início da manhã  da última sexta-feira, por força de um mandado de prisão preventiva, oriundo da 1ª Vara da Comarca de Cabedelo, nos autos do Processo nº 0000026-81.2019.8150731, relacionado à Operação Xeque-Mate.

Quando os agentes da Polícia Federal chegaram, ele estava em sua casa, no Bairro do Bessa, na Capital. O empresário é acusado de participar do esquema de corrupção e fraudes licitatórias no Município de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. Roberto Santiago é proprietário do Shopping Manaíra e Shopping Mangabeira.

""
Redação com Blog de Diego Lima

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ALPB derruba veto e garante descontos em escolas e faculdades da PB

Assim como o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino já havia adiantado, a ALPB derrubou, nesta quarta-feira, dia 03, o veto governamental ao trecho do Projeto de Lei…

MPPB recomenda suspensão imediata das feiras livres, em Guarabira

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou a suspensão imediata das feiras livres no município de Guarabira. A recomendação foi expedida na última sexta-feira (29/05), ao prefeito municipal e deve…