Em nota encaminhada à imprensa na tarde desta sexta-feira (06), o advogado Iarley Maia, que representa a defesa de Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) disse que trabalhará para provar a inocência de seu cliente.

Na nota, a defesa diz que até agora Coriolano sequer foi notificado a depor.

“A defesa, com muito respeito, não medirá esforços, nos limites legais, para provar a inocência plena de Coriolano Coutinho, haja vista sua trajetória de vida proba e honrada”, disse.

CONFIRA A NOTA

Em relação a denúncia formulada pelo Ministério Público estadual em desfavor do senhor Coriolano Coutinho, sua defesa técnica tem a informar:

1 – essa denúncia em nada tem relação com os fatos apurados na assim denominada “operação calvário”, como deixa claro o próprio Ministério Público;

2 – que só agora está tomando conhecimento do teor da denúncia e, assim que o tiver pormenorizado, tomará todas as providências legais cabíveis, em sendo aceita pelo Poder Judiciário a denúncia;

3 – Coriolano não tem nenhuma participação no fato narrado, não havendo nenhum tipo de elemento de prova apto a indicar isso e ele refuta, com veemência e indignação, a associação do seu nome com esse fato;

4 – a época dos fatos, Coriolano ocupava o cargo de superintendente da Empresa Municipal de Limpeza Urbana – EMLUR, nunca tendo a empresa do senhor Bernardo Vidal qualquer tipo de relação com a EMLUR, enquanto Coriolano era superintendente e, todo contrato foi realizado na secretaria de administração municipal, onde Coriolano não tinha nenhum tipo de ingerência.

5 – que, em momento algum foi notificado para depor ou prestar qualquer tipo de esclarecimento sobre o fato, estando plenamente a disposição do ministério público e do Poder Judiciário, sempre buscando a melhor forma de elucidar o fato em toda sua extensão;

6 – que a defesa, com muito respeito, não medirá esforços, nos limites legais, para provar a inocência plena de Coriolano Coutinho, haja vista sua trajetória de vida proba e honrada.

Advogado Iarley Maia – OAB/PB – 19.990

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 44 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.190 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (21) em São Paulo. O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 05 – 09 – 20…

Advogado acusa OAB/PB de omissão após denunciar calote e caso vai parar no Conselho Federal

O advogado Wilson Furtado Roberto protocolou essa semana uma reclamação no Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil para denunciar a omissão da Ordem dos Advogados da Paraíba por…