Por pbagora.com.br

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), demonstrou preocupação, durante entrevista nesta terça-feira (20), no tocante às últimas declarações do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) perante a comunidade internacional.

Para Coutinho, Bolsonaro deveria medir as palavras antes de externalizá-las, para evitar, sobretudo, prejuízos econômicos ao país. Na última semana, por exemplo, o programa Mais Médicos, criado em 2015, para atender as localidades menos favorecidas do país, teve seu contrato encerrado com Cuba, justamente por conta de declarações inflamadas do novo gestor.

“Eu acho que é preciso medir mais as palavras. O presidente eleito já falou mal do Mercorsul, que representa 22% do nosso comércio externo. Disse que vai mudar a embaixada para Jerusalém desagradando todo o mundo árabe que consome a carne brasileira e da China, o maior parceiro comercial do Brasil. Nós vamos bater aonde?”, questionou.

 

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Família Carneiro passa a comandar dois partidos na Paraíba: PRTB e PROS

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) na Paraíba, passou por mudanças nesta terça-feira (20). De acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral, a presidência do partido no estado, que…

Covid: PB registra mais de mil novos casos e 24 mortes nas últimas 24h

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta terça-feira (20), 1.072 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 80 (7,46%) são casos de pacientes hospitalizados e 992 (92,53%) são…