Por pbagora.com.br

A decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que pôs em liberdade o irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, foi estendida também a outros presos na Operação Calvário.

A ministra do STJ, Laurita Vaz, relatora da Operação Calvário na Côrte, concedeu liberdade também a Bruno Miguel Teixeira e Márcio Nogueira Vignoli. O primeiro é ligado ao ex-secretário de Estado do Planejamento, Waldson Soza. Teixeira, de acordo com investigadores da Calvário, seria responsável por empresas de fachada, além da coleta e distribuição de propina na suposta organização criminosa.

Já o senhor Márcio Nogueira, aparece como responsável pela empresa Conesul Comercial e Tecnologia.

Ambos foram presos no dia 17 de dezembro de 2019, durante operação que prendeu também a deputada estadual Estela Bezerra, a prefeita de Conde, Márcia Lucena e o ex-governador Ricardo Coutinho.

A liberdade de Bruno e Márcio é resultado do pedido de extensão da decisão que concedeu liberdade ao ex-governador

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Escritório de Advocacia composto por paraibanos está entre os melhores do país

Uma pesquisa realizada pelo portal Análise Editoral, intitulada Analise Advocacia 2020, apontou o QVQR Advocacia dentre os escritórios de Advocacia mais exemplares do país. Os sócios que compõem o Queiroga,…

João anuncia conclusão de obra em Cabedelo e autoriza novas ordens de serviço

O governador João Azevêdo autorizou, nesta segunda-feira (23), durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, as ordens de serviço para início de obras que…