O deputado estadual Anísio PT criticou, nesta quinta-feira (08), a tentativa da Lava Jato de transferir o presidente Lula para um presídio comum. Na sua visão, essa foi uma articulação de Sérgio Moro e seus aliados com objetivo político de usar Lula para evitar a corrosão de sua base política e tentar tirar o foco dos vazamentos de suas práticas ilícitas a partir das divulgações de The Intercept.

 Podemos dizer que Sérgio Moro sofreu uma grande derrota e o que não altera o fato de que Lula continua como preso político e o estado democrático de direito comprometido no Brasil. “Desta vez, a arbitrariedade foi tão grande que conseguiu unir todos os campos políticos contra ela. Mais de 70 deputados de esquerda, centro-esquerda, centro e até da direita que foram dialogar com o presidente do STF, Dias Toffolli, na tentativa de reverter a situação”, comentou Anísio Maia.

“O monstro criado com a complacência dos órgãos superiores do judiciário foi pouco a pouco implantando condutas ilegais e avançando contra regras democráticas. Ganhou tanta força que planejou dominar o STF. Vamos torcer que este placar de 10 a 01 represente o fim da complacência deste órgão contra os que não respeitam o devido processo legal”, concluiu.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lei do estacionamento: juíza reconsidera decisão para preservar prerrogativas parlamentares

A juíza Flávia da Costa Lins Cavalcanti, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital, reconsiderou parte da decisão no caso da Lei Estadual nº 11.504/2019, que dispõe sobre…

MPF detalha 4º fase da Recidiva tendo ex-prefeitos como alvos

A quarta fase da Operação Recidiva cumpriu nesta quarta-feira (20), cinco mandados de prisão preventiva, 15 de busca e apreensão e um de afastamento de função pública, deferidos pela 14ª…