Na próxima a sexta-feira (07), às 17h, o Partido dos Trabalhadores na Paraíba realizará um encontro extraordinária para decidir se permanece integrando a base que dá sustentação ao Governo João Azevêdo (Cidadania), ou se fará oposição à gestão diante da troca de partido.

Nesta manhã uma primeira rodada de reunião entre o governador e a cúpula petista contou com um clima de permanência da união.

Pelo menos foi esse o cenário que o ex-deputado estadual Anísio Maia (PT) descreveu. O petista está prestes a voltar à titularidade na Casa com a licença do deputado estadual Júnior Araújo (Avante) para assumir uma pasta no Governo João.

” Saímos satisfeitos da reunião, pois tivemos a confirmação de que João permanece alinhado com projetos que o PT defende que é se manter na oposição ao governo Bolsonaro e com os compromissos firmados durante a campanha de 2018 acerca do Consórcio Nordeste e outros programas”, contou.

Na ocasião, O governador teria reafirmado o compromisso estabelecido com o partido nas últimas eleições, assim como a sua postura de centro-esquerda e permanência na oposição ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Número de mortes em acidentes de trânsito no carnaval 2020 na PB é o menor em quatro anos

O número de mortes em acidentes de trânsito no carnaval 2020 na Paraíba é o menor em quatro anos, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os dados foram divulgados pela…

Unidade de Saúde em Lastro é interditada por falta de segurança para profissionais

Falta de segurança para os profissionais foi o principal motivo da interdição O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente os médicos que trabalham na Unidade Básica de…