Brasília – O deputado federal Ruy Carneiro participa nesta terça-feira (03) de uma reunião no Ministério da Saúde para avaliar com o ministro Luiz Henrique Mandetta e com representantes dos médicos cubanos a inclusão destes profissionais no programa Médicos pelo Brasil.

Ruy é presidente da Comissão Especial que está avaliando a MP 890, que cria o programa. O Médicos pelo Brasil vai contratar 18 mil médicos para atender principalmente à população de todos os cantos do País, sobretudo das regiões Norte e Nordeste. O foco é a Atenção Primária.

Após a reunião que teve com os representantes dos médicos cubanos na última semana, Ruy Carneiro publicou em suas redes sociais:

“Positiva a reunião com representantes dos médicos cubanos interessados em se integrar ao programa Médicos pelo Brasil. Como presidente da Comissão que avalia a Medida Provisória de criação do programa (MP 890), ouvi deles a disposição de participar do Médicos pelo Brasil, inclusive como assistentes, até realizarem a prova do Revalida, comprovando a devida aptidão para atender à população. Vamos continuar a dialogar, para que a população brasileira ganhe com a presença dos cubanos e que aqui eles também se sintam em casa para trabalhar”.

Audiência Pública com ministro da Educação – Também nesta terça-feira (03), Ruy Carneiro preside mais uma audiência pública no Congresso Nacional para ouvir sugestões de aperfeiçoamento à MP que cria o Médicos pelo Brasil. Participa do debate o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, para falar sobre o Revalida, o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas de Médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MAIS CHUVAS: Inmet emite alerta para quase 180 municípios da Paraíba

O  Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lanço um novo alerta de chuvas para quase 180 municípios paraibanos. De acordo com o órgão, o novo alerta vale da manhã desta sexta…

Caso Lagoa: MPF denuncia auxiliar de Cartaxo e servidores da PMJP

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) denunciou o ex-secretário de Infraestrutura da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), Cássio Andrade, atual coordenador do Patrimônio Cultural. Além dele, outras cinco pessoas…