Por pbagora.com.br

Os corpos da família paraibana morta na cidade de Pioz, na Espanha, em setembro deste ano, foram cremados na manhã desta sexta-feira (23), em um crematório de Guadalajara, cidade espanhola.

A informação foi confirmada por Wolfran Campos, parente das vítimas. O caso aconteceu em agosto e François Patrick, autor confesso da chacina, está preso. O estudante Marvin Correia, suspeito de ter participação na morte de uma das vítimas, foi indiciado e está em liberdade condicional usando tornozeleira eletrônica.

“Primeiro corpo a ser cremado foi de Janaína, seguido de Marcos e depois as crianças. A cremação aconteceu em Guadalajara. As urnas com as cinzas deverão chegar aqui em João Pessoa nos próximos dias. Pode acontecer que o voo trazendo os restos mortais chegue na Paraíba no domingo, mas tudo vai depender da documentação da Espanha”, explicou Campos.

 



Redação com Correio

Notícias relacionadas

Prefeitura de João Pessoa abre canal para doação às famílias atingidas pela chuva

As pessoas que desejam ajudar as famílias atingidas pela chuva registrada nos últimos dias na Capital agora têm um canal direto para realizar suas doações. A campanha é realizada pela…

Autorizada vacinação de profissionais da Educação contra a covid-19 em JP

Acatando um recurso da Prefeitura Municipal de João Pessoa, o desembargador Cid Marconi do TRF5 liberou a vacinação contra a covid-19 em profissionais da Educação na capital paraibana. Em sua…