Um fato raro na Câmara Municipal de Campina Grande. O pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI dos Combustíveis, uniu os vereadores da oposição e situação na Casa.

A proposta de autoria do vereador governista Alexandre Pereira (PHS), mais conhecido como Alexandre do Sindicato, foi aprovada por unanimidade nesta quarta-feira (3) e tem como objetivo investigar a política de preços praticada dos combustíveis no município. A comissão vai apurar a denúncia de possível prática de cartel na comercialização dos combustíveis e os preços abusivos praticados na cidade.

Entre outras irregularidades, a Casa de Félix Araújo vai investigar se os valores praticados na cidade estão acima da média e se está ocorrendo alinhamento de preços, isto é, cartel.

Além do já esperado apoio da bancada de situação, Alexandre Pereira conseguiu também unir a bancada de oposição ao prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

“A população campinense tem sido prejudicada pela política de preços que é praticada pelos revendedores de combustíveis da cidade. O próprio Procon já constatou que os postos praticam valores que estão entre os mais altos da Paraíba, e que não apresentam justificativas plausíveis para isso”, disse Alexandre do Sindicato, justificando o requerimento.

Na oposição, apoiaram a proposta Anderson Maia (PSB), Pâmela Vital do Rêgo (MDB) e Maria de Fátima Melo Silva (Podemos), mais conhecida como Dona Fátima da Vila Cabral.

Anderson Maia (PSB) justificou que por cautela não assinou anteriormente o requerimento, mas que considerou o texto esclarecedor e defendeu a iniciativa.

Ele defendeu ainda que a aliança da situação com a oposição para “tratar um tema dessa relevância” inclusive faz a população ter um “outro olhar” perante a Casa.

– A partir do momento em que há uma aliança da oposição com a situação para tratar um tema dessa relevância e desse alcance, a Câmara toma um outro olhar por parte da população – disse.

Ainda durante a fase de discussões da matéria, Pâmela Vital do Rêgo e Maria de Fátima Melo Silva também pediram a palavra para apoiar a proposta.

 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Sou governador de 223 municípios, jamais me negaria a receber quem quer que seja” enfatiza João Azevêdo

O governador João Azevêdo (PSB) voltou a falar sobre seu relacionamento com os prefeitos paraibanos, tanto de oposição quanto de situação e disse ser um governador que não discrimina gestor…

Incêndio destrói galpão de descartáveis, no Distrito Industrial, em JP

Um incêndio destruiu o galpão de uma fábrica de copos descartáveis, no Distrito Industrial de João Pessoa, na madrugada deste sábado (21). De acordo com as informações do Corpo de…