Por pbagora.com.br

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Feminicídio da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na tarde desta quarta-feira (12), o plano de trabalho que vai ser colocado em prática, nas ações investigativas da CPI. O primeiro passo será a solicitação ao Instituto de Polícia Científica (IPC) dos laudos oficiais dos casos de feminicídios na Paraíba.
 
A presidente da CPI, a deputada Cida Ramos, observou que está foi a segunda reunião da Comissão e ressaltou que  objetivo é dar encaminhamento às ações no segundo semestre deste ano. “A gente sai daqui fortalecendo essa CPI e enfrentando esse dilema, que precisa ser resolvido no Brasil e na Paraíba, que é o feminicídio”, afirmou.
 
“Tivermos ontem mais um registro em Cabedelo. Em pleno funcionamento da CPI, a gente está vendo acontecer cada vez mais casos de banalização da violência contra a mulher, somente pelo fato de ser mulher. Então, a CPI tem obrigação de representar muito bem o poder Legislativo, mas, sobretudo, de unir o Executivo e o Judiciário, para que a gente possa encontrar soluções para esse grave problema”, acrescentou.
 
Cida ressaltou que a Comissão Parlamentar de Inquérito vai apurar, debater e indicar políticas públicas de enfrentamento ao feminicídio na Paraíba. "Também vamos debater fatos de extrema preocupação da sociedade e dar indicações às autoridades competentes sobre providências a serem tomadas em relação ao fato investigado", disse.
 
Também participaram da reunião os deputados Wallber Virgolino, Anísio Maia e Edimilson Soares.

 

Redação com ALPB

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ministro expõe ao Congresso estratégias de retorno às aulas presenciais

A volta às aulas, de maneira presencial, por todo o país é um momento bastante aguardado pela população brasileira. Por isso, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, participou de audiência…

Sindicalista fala da volta da retomada dos serviços dos Correios, após decisão do TST

Os trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos devem retornar da greve amanhã, no Estado, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos na Paraíba (Sintect…