A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) se reuniu, nesta quarta-feira (29), por sistema virtual de vídeo conferência, e discutiu um plano de ação para proteger as pessoas com deficiência no Estado, diante da pandemia do Coronavírus (Covid-19). A acessibilidade dos meios de comunicação para que os portadores de necessidades especiais tenham acesso à informação sobre o Covid-19 foi foco do debate.

“Todo conteúdo precisa ser adaptado para que todos os deficientes tenham acesso. Na próxima segunda-feira (4) teremos uma reunião com os representantes dos veículos de comunicação da Paraíba e vamos apresentar alguns vídeos, que serão veiculados gratuitamente para ajudar surdos e deficientes visual. O material será exibido nesses meios de comunicação”, destacou a presidente da Comissão, a deputada Cida Ramos.

Diversas entidades representativas do segmento, além de órgãos do poder público estadual e do Judiciário participaram do debate. Cida Ramos ressaltou que a comissão solicitou ao Governo do Estado a disponibilização de um canal de atendimento virtual de apoio psicológico para as pessoas com deficiência e seus cuidadores. “Solicitamos também um serviço de atendimento e consulta médica remota para as pessoas que precisarem de prescrição de remédios de uso contínuo, sendo entregue por equipes estratégicas da Saúde da Família do Estado”, disse.

A deputada Estela Bezerra sugeriu que todas as iniciativas tomadas na reunião sejam encaminhadas aos Poderes. “O objetivo é reforçar a necessidade de construção democrática, pois essas várias falas feitas aqui enriquecem o que estamos querendo propor para melhorar a vida das pessoas com deficiência”, comentou. A parlamentar se colocou a disposição para contribuir na formação de uma campanha de comunicação, para gerir informações que possam orientar os portadores de deficiências.

A presidente da Funad, Simone Jordão, reforçou os serviços oferecidos pela Fundação, que tem buscado orientar as famílias à distância. Ela destacou a importância do trabalho de acessibilidade para orientar as pessoas com deficiência.

“Estamos utilizando diversas tecnologias para que as demandas sejam atendidas. Sabemos que são pessoas que precisam de atenção e nós não vamos deixar de estabelecer esse vínculo. Estamos a disposição, articulando com as secretarias de Desenvolvimento Humano, Saúde e Educação para que a gente também possa garantir o ensino especial a essas pessoas durante a quarentena”, disse Simone.

O presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência da OAB-PB, Felipe Soares de Oliveira, afirmou que a Instituição está encaminhando um ofício aos órgãos públicos solicitando obediência das escolas no atendimento às crianças com deficiência. “Queremos pedir enfoque para a acessibilidade digital para os deficientes, principalmente para as pessoas mais carentes, que não têm acesso a tecnologia”, ressaltou.

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) já está realizando ações para melhorar a acessibilidade dos meios de comunicação. O coordenador do Comitê de Inclusão e Acessibilidade da UFPB, Rafael Monteiro, disse que estão elaborando um documento para ser distribuído na universidade e nas redes sociais, para que as pessoas com deficiência sejam orientadas a como lidar com a situação do coronavírus.

“Elaboramos também um vídeo em libra com informes sobre o contágio para distribuir amplamente para a sociedade e comunidade acadêmica. Outra ideia foi criar podcasts para orientar pessoas cegas sobre a contaminação”, explicou.

A defensora pública, Fernanda Peres, disse ainda, que preparou um ofício sugerindo um protocolo para priorizar o atendimento às pessoas com deficiência nos hospitais. “A ideia é pensar como está sendo realizada essa logística para esse atendimento. Pensamos também na questão da articulação municipal para que o municípios criem estratégias para atender os deficientes. Acho importante a criação de um comitê para desenvolver todas essas atividades”, destacou a defensora.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-prefeita de São José dos Ramos é condenada por improbidade

A ex-prefeita do Município de São José dos Ramos, Maria Aparecida Rodrigues de Amorim, foi condenada pela prática de Improbidade Administrativa consistente no não recolhimento de contribuições previdenciárias. As penalidades…

Campanha de Vacinação contra Influenza é retomada nesta 2ª em JP

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) dá continuidade à terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe nesta segunda-feira (25). Com o encerramento da imunização nos pontos de…