Por pbagora.com.br
 
 

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, voltou a alertar a população para os cuidados e atenção às medidas de prevenção à contaminação pelo novo coronavírus (covid-19). Em entrevista concedida à emissora de rádio de João Pessoa nesta terça-feira (17), o secretário confirmou que a taxa de ocupação dos leitos de UTI em todo o estado voltou a subir.

De acordo com a SES, a taxa de ocupação de leitos no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, já é de 75%, enquanto que no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, não mais leitos disponíveis para pacientes diagnosticados com a covid-19. “A Grande João Pessoa apresenta um incremento importante o índice de transmissibilidade. Nós tínhamos há 30 dias um índice de 0.8 e passamos para 1.3, isso significa dizer que há 1 mês 100 pessoa contaminavam outras 80 e agora 100 pessoas contaminam 130”, explicou Medeiros.

Para o secretário, a ascensão do índice de contaminação é reflexo de todas as atitudes que se contrapõem às regras sanitárias de enfrentamento à doença. Geraldo Medeiros assegurou que apesar do aumento do número de casos, o estado possui estrutura hospitalar para atender à população e descartou a possibilidade de um novo lockdown. “A Paraíba está bem montada. Nós temos 400 leitos de UTI’s disponíveis para os paraibanos. Mil leitos na sua totalidade. Não há nenhuma previsibilidade de fechamento, de retroagir nas medidas de flexibilização nesse momento. A nossa função é alertar a sociedade paraibana para a importância do uso da máscara e obedecer o distanciamento social”, argumentou o secretário.

 

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pedido de aposentadoria de Arthur Cunha Lima é suspenso por ministro do STJ

O pedido de aposentadoria do conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) Arthur Cunha Lima foi suspenso por ministro do O Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão,…

Mesmo proibido por decreto, Manaíra Shopping anuncia ampliação do horário de funcionamento

Shoppings, comércio e transportes públicos em João Pessoa estão tendo, na teoria,  que funcionar de forma diferenciada durante esse período de pandemia, com horários menores e protocolos de higiene tendo…