Foto: Codecom / PMCG

Prefeito destaca importância da nova unidade dentro do esforço da gestão contra o avanço da doença

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, inaugurou de forma virtual, na manhã desta terça-feira, 12, o Hospital Municipal de Campanha Dr. Virgílio Brasileiro. A unidade é destinada exclusivamente ao tratamento de vítimas da Covid-19 e conta com 42 leitos, com pontos de oxigênio, sendo 20 deles na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Quando for superada a pandemia do coronavírus, o novo hospital, construído em terreno anexo ao Hospital Municipal Pedro I, funcionará como Central de Hemodiálise.

Em tempos de pandemia, a inauguração virtual aconteceu sem a presença de público, evitando aglomerações, e foi transmitida pelas redes sociais da Prefeitura. Ao lado do prefeito Romero Rodrigues, o secretário Filipe Reul, da Saúde, e vereadores.

Foto: Codecom / PMCG

Durante a inauguração, o prefeito anunciou que, nos próximos dias, a unidade vai receber mais 20 novos respiradores. O hospital foi construído nos três turnos, em pouco mais de um mês, e contou com apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT), do Grupo Coteminas e outros parceiros.

Estrutura – “Este hospital de alvenaria, climatizado, conta com UTIs, enfermaria, farmácias, equipamentos modernos que evitam a contaminação de outros pacientes e profissionais da saúde, baterias de banheiros, estacionamento com piso intertravado, salas de administração, vestiário para profissionais, além de outras condições adequadas de infraestrutura”, comemorou o prefeito.

Foto: Codecom / PMCG

Além do hospital de campanha, a PMCG envida, permanentemente, todos os esforços quanto à adoção de muitas outras medidas, tais como distribuição de máscaras e EPI’s, contratação urgente de novos profissionais da saúde, fechamento do comércio e fiscalização das medidas de distanciamento social, auxílio à população que se aglomera nas filas, higienização de logradouros públicos, instalação de lavatórios e muitos outros.

Foto: Codecom / PMCG

Combate à dengue – O prefeito também fez a entrega, ao secretário Filipe Reul, de chaves de duas camionetas a serem utilizadas para combater ao mosquito da dengue através da chamada operação “fumacê”, que será executada em três turnos nos mais diversos pontos da cidade.

O homenageado – Dr. Virgílio Brasileiro, filho de tradicional família de Piancó, foi uma das figuras mais conhecidas e atuantes na Medicina de Campina Grande. Pediatra e humanista, era figura bem relacionada na cidade, com relevantes serviços prestados à comunidade campinenses ao longo de décadas de destacado exercício da profissão. Professor universitário, integrou a luta pela fundação da Faculdade de Medicina de Campina Grande.

Virgílio Brasileiro faleceu em outubro de 2017, no Hospital Santa Clara, aos 81 anos, em razão de consequências de uma queda no interior de sua residência, motivando comoção em toda Campina Grande, cidade que ele amava e defendia.

 

Codecom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Campanha de Vacinação contra Influenza é retomada nesta 2ª em JP

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) dá continuidade à terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe nesta segunda-feira (25). Com o encerramento da imunização nos pontos de…

Covid-19: em dez dias, JP registra mais de mil casos da doença

Os registros diários de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19) ainda continua subindo na Capital paraibana após quase 60 dias de isolamento social. Em dez dias, segundo dados do Governo…