Por pbagora.com.br

Mais uma vez o prefeito do município de Soledade, Geraldo Moura, deu um passo para ser exemplo e reduziu em 50% os salários dos secretários municipais. Ele também exonerou todos os secretários municipais adjuntos e todos os ocupantes de cargos comissionados e de confiança na administração municipal. A decisão foi divulgada no Diário Oficial dos Municípios da Paraíba desta sexta-feira (30) e está prevista para durar até 28 de fevereiro do próximo ano.

A justificativa para os cortes é a crise econômica do país, além da queda na arrecadação e ‘aumento expressivo’ de despesas com pessoal. “Especialmente pelo cumprimento do novo salário mínimo nacional e do piso salarial dos profissionais da educação”, diz trecho do decreto.

De acordo com o documento, todos os contratos por ‘excepcional interesse público’ foram anulados. Os únicos secretários e ocupantes de cargos comissionados que não foram exonerados são os que integram a Comissão Permanente de Licitação.

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Covid-19: deputado paraibano responsabiliza Ministro da Saúde pela falta da 2ª dose

  O Deputado Estadual Anísio Maia, durante a 11ª sessão remota, da Assembleia Legislativa da Paraíba, culpou o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga e o Governo Federal pela falta de…

Paraibana Juliete Freire será homenageada no transporte coletivo de João Pessoa

Campanha repercutirá nos ônibus, redes sociais e também nas proximidades do Terminal de Passageiros da Lagoa. A advogada e maquiadora Juliette Freire, representante da Paraíba no reality show “Big Brother…