O corpo do torcedor do Botafogo-PB morto no sábado (11), em Natal, está sendo velado no Centro Comunitário do bairro do Geisel, em João Pessoa, na manhã desta segunda-feira (12). Ele foi forto após dar entrada em um hospital do Rio Grande do Nordeste, e segundo a família, o homem foi espancado por policiais militares após pular o muro do estádio Barretão.

A corporação afirmou que deverá se pronunciar oficialmente sobre o caso após a investigação que será feita pela Polícia Civil.

No local do velório, há faixas e bandeiras da torcida organizada Fúria Independente. O enterro está marcado para acontecer às 15h, no Cemitério da Penha.

O torcedor identificado como Eduardo Feliciano Justino da Silva deu entrada no Hospital Municipal Dr. Percílio Alves, em Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal, às 20h02, de acordo com a guia, confirmada pelo serviço social da unidade, apresentando rebaixamento de nível de consciência.

De acordo com a guia de solicitação de exame cadavérico assinado pela equipe médica do hospital, o homem de 27 anos tinha marcas de contusão no tórax e no rosto, além de intoxicação alcoólica e indícios de uso de drogas ilícitas.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Guia online com dicas da Europa idealizado por paraibano completa 10 anos

O guia digital Planeta Europa foi lançado em 2009 para atender uma demanda de viajantes brasileiros em busca de dicas para melhor aproveitar o Velho Continente. Criado por Everton Dantas,…

Mais de 111 famílias na Paraíba devem devolver dinheiros do Bolsa Família

Mais de 111 famílias na Paraíba devem devolver aproximadamente, R$ 172 mil pagos aos cofres públicos por meio do programa Bolsa Família. O benefício teria sido recebido indevidamente. O governo…