O corpo de uma mulher, de aparentemente 30 anos, foi encontrado às margens da BR-230, na altura do km 45, em avançado estado de decomposição, na manhã desta quarta-feira (20), com a barriga dilacerada e um feto ao lado, que possivelmente foi arrancado de dentro da vítima.

O corpo foi encontrado por um ciclista que passava pelo local e  acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A mulher tinha em seus bolsos diversos preservativos, uma pequena faca, além de um cachimbo comumente utilizado para o consumo de droga.

Conforme relato policial, o pescoço da mulher estava enrolado com arame farpado e apresentava diversas perfurações na região da cabeça, o que indicariam disparos de arma de fogo.

Pela maneira como o corpo foi encontrado, a polícia acredita que a vítima tenha sido assassinada em outro local e desovada na rodovia.

De acordo com o delegado Diego Garcia, responsável pela investigação, a princípio, a informação seria de que a mulher teria sido vítima de atropelamento, mas, ao chegar ao local, constatou-se que havia um feto arrancado da barriga da mãe com uma faca.
A polícia acredita que a mulher era garota de programa por estar com preservativos no bolso, além de, possivelmente, usuária de drogas.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lei obriga bares e restaurantes a auxiliar mulheres em situação de risco

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, promulgou a Lei 11.536, de sua autoria, que obriga os bares, restaurantes, estabelecimento noturno, entre outros, a adotarem medidas de…

Romero lança Túnel de Luz na rua Maciel Pinheiro, nesta sexta

O prefeito Romero Rodrigues fará o lançamento, na noite desta sexta-feira, 6, de um Túnel de Luz, na rua Maciel Pinheiro, Centro de Campina Grande. Trata-se de uma das novidades do…