Por pbagora.com.br

Sob forte comoção foi sepultado na tarde desta terça-feira (22) no cemitério do Monte Santo, o corpo do advogado e ex-superintendente da rádio Caturité, José Cursino de Siqueira, “Dr. Siqueira”.

Ele estava internado desde a última quinta-feira, com problemas nos rins e faleceu na noite desta segunda-feira (22), aos 88 anos.

Dr. Siqueira era natural do estado de Pernambuco, mas residia em Campina Grande há mais de 60 anos, chegando a ser advogado da Diocese. Ele estudou em Roma e foi ordenado sacerdote em 1954, mas depois de 10 anos renunciou aos votos para se casar com Marleide Siqueira, com quem constituiu família. Ele trabalhu por mais de 30 anos na Rádio Caturité AM.

Para o padre José Assis, Dr. Siqueira era um amigo da Igreja Católica em Campina Grande.

– Nós o tivemos sempre como alguém a quem podíamos recorrer nos momentos de dúvidas ou até de assistência jurídica – disse.

O jornalista Carlos Siqueira, filho de Dr. Siqueira, ressaltou que ele deixou um legado de honradez, honestidade e dedicação a comunicação e direito.

 – Campina perde uma das suas reservas morais. Era cidadão simples, humilde, mas que deixou um legado – afirmou.

Redação

 

Notícias relacionadas

Justiça determina reintegração de posse de área de 1,5 hectares da Cehap

A juíza Ascione Alencar Linhares, da 2ª Vara Regional Cível de Mangabeira, julgou parcialmente procedente pedido de reintegração de posse nos autos da ação nº 0004565-38.2011.8.15.2003 movida pela Companhia Estadual…

TRAGÉDIA: trabalhador morre ao cair do 10º andar de prédio, em JP

Na manhã desta quarta-feira (12), um homem, de 45 anos, morreu ao cair de um prédio no bairro dos estados, bem próximo à Avenida Epitácio Pessoa, na capital paraibana. De…