A área conhecida por Caribessa, na praia do Bessa, em João Pessoa, é famosa pela beleza e diversidade local, além da passagem de animais marinhos. O lugar é uma Unidade de Conservação e integra a Área de Proteção Ambiental Naufrágio Queimado. Mas o consumo de alimentos, geralmente embalado por material plástico, põe em risco a natureza. Pensando nisso, a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), por meio da Coordenadoria de Educação Ambiental (Ceda), promove, nesta quarta-feira (17), a partir das 8h, uma ação de sensibilização dos banhistas e vendedores locais sobre os materiais que prejudicam o bioma marinho.

A atividade tem como objetivo sensibilizar acerca do consumo sustentável e preservação do meio ambiente. “O plástico é hoje considerado um vilão ecológico, e é causa da morte de muitos animais marinhos. Por isso, é importante que tenhamos essa abordagem com os comerciantes e banhistas, e que possamos levar a conscientização sobre o tema. Caso encontremos algum pescador, amador ou profissional, também faremos abordagens sobre o assunto”, explica o psicólogo Felipe Medeiros, que integra a equipe da Ceda.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Defensoria Pública apoia campanha ‘Sinal vermelho contra a violência doméstica’

A Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB) apoia a campanha “Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica”, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros…

Cidade da Paraíba zera número de pacientes infectados pelo coronavírus

A Secretaria de Saúde de Curral de Cima confirmou a recuperação de todas as pessoas infectadas pelo coronavírus na cidade. No total foram 16 pessoas diagnosticadas com a covid-19. Os…