A Paraíba o tempo todo  |

Comissão Eleitoral da OAB-PB suspende propaganda irregular da candidata Maria Cristina

A Comissão Eleitoral, que organiza as eleições da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), condenou a candidata Maria Cristina (Kiu) por propaganda irregular e proibiu o impulsionamento de postagens de sua campanha nas redes, o que é vedado.

A decisão leva em consideração as vedações legais da resolução que disciplina as eleições e o fato de as postagens impugnadas terem o potencial de comprometer o equilíbrio e a isonomia do pleito que se avizinha, por resultarem no aumento do alcance original de uma publicação gratuita, de forma reiterada, impactando em um número exponencial de pretensos eleitores.

“Defiro o PEDIDO DE TUTELA DE URGENCIA para NOTIFICAR à Representada a fim de que, no prazo de 24h suspenda/remova a veiculação de todos os posts das redes sociais INSTAGRAM e FACEBOOK difundidos mediante patrocínio (publicidade paga), em especial as postagens impugnadas sob pena de aplicação de multa”, diz trecho da decisão.

A suspensão está fundamentada no parágrafo 1 do ar 10º do Provimento 146/CFOAB, que dispõe:

§ 1º A propaganda antecipada ou proibida importará em notificação de advertência a ser expedida pela Comissão Eleitoral competente para que, em 24 (vinte e quatro horas), seja suspensa, sob pena de aplicação de multa correspondente ao valor de 01 (uma) até 10 (dez) anuidades.

Da Redação com Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe