Por pbagora.com.br

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Exército Brasileiro assinaram, ontem (29), o Termo de Execução Descentralizada (TED) para retomada do remanescente da obra de adequação de capacidade e segurança da BR 230/PB, trecho do km 2 ao 10, na Paraíba.

A execução da obra ficará sob supervisão e gestão militar do 1º Grupamento de Engenharia (Cmdo 1º Gpt E) do Exército Brasileiro, localizado em João Pessoa, e a responsabilidade principal pela execução dos serviços a cargo do 1º Batalhão de Engenharia de Construção (1º BEC), situado em Caicó, no Rio Grande do Norte. Ao DNIT caberá a devida fiscalização técnica da obra e gestão conjunta do TED.

Essa força de trabalho tem como missão a conclusão dos serviços já iniciados do km 2 ao km 10 da BR 230/PB, uma das principais rodovias federais que corta a região metropolitana da capital paraibana.

A entrega por completo do empreendimento, com a conclusão da terceira faixa de rolamento nas pistas principais, pistas marginais, quatro viadutos, retornos e passarelas, trará, além de benefícios de mobilidade entre as cidades de João Pessoa e Cabedelo, conforto e segurança para condutores e pedestres.

A entrega da Ordem de Serviço ao Exército para início efetivo dos trabalhos está prevista para a próxima semana. O evento deve contar com a presença da Bancada Paraibana.

A obra está orçada em R$ 225 milhões – valores anunciados em 2017. O Exército receberá uma parcela de R$ 50 milhões, dos quais, R$ 15 milhões de emendas da bancada da Paraíba no Congresso Nacional, e R$ 35 milhões do próprio Dnit-PB. As obras estão paradas desde dezembro do ano passado.

Redação com assessoria de Imprensa

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Trânsito muda no cruzamento do Instituto dos Cegos, em CG

Os condutores de veículos devem ficar atentos para a alteração de trânsito a partir desta segunda-feira, 28, no cruzamento das ruas Noujaim Habib com João Quirino e a Pedro Leal,…

RC sinaliza que fará apenas campanha virtual na disputa pela PMJP e participação em debates vira incógnita

Alvo de medidas restritivas de liberdade por conta dos desdobramentos da Operação Calvário, o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), anunciou, durante livre neste domingo (27), que sua campanha será…