Por pbagora.com.br

Cidade já passou pelo comando de quatro prefeitos em menos de quatro anos de gestão

Insegurança jurídica, instabilidade administrativa e futuro incerto. A cidade de Bayeux, município da região metropolitana de João Pessoa, grita por socorro e, ao que tudo leva a crer, a intervenção por parte do Governo da Paraíba caminha para ser a única solução.

Desde que o prefeito Berg Lima entregou a carta renúncia, a cidade vive uma saga entre realizar e não realizar eleições indiretas a praticamente três meses da eleição direta.

Decisões conflitantes tanto do judiciário quanto dos membros do parlamento nos últimos dias fazem da população verdadeiras marionetes, que não sabem a quem recorrer  para trazer o município de volta aos rumos do desenvolvimento, já que nem mesmo um ‘novo normal’ acena como possibilidade real no atual cenário.

A corrida pelo comando de Bayeux teve início em 14 de julho, quando o Berg Lima protocolou na Câmara o pedido de renúncia do cargo. A decisão foi tomada uma semana após o Supremo Tribunal Federal (STF) negar o seu retorno, encerrando mais um capítulo de um impasse jurídico vivido desde 2017.

Só nas últimas 48h quatro decisões judiciais sobre as eleições indiretas na cidade foram publicadas, a primeira mandando haver eleição, a segunda mandando suspender o pleito, a terceira determinando a volta normal do processo eleitoral, e já na madrugada, no plantão judiciário, a mais recente, da desembargadora Maria das Graças Morais Guedes, do Tribunal de Justiça da Paraíba, determinando, novamente a suspensão do pleito, que estava agendado para às 9h desta quinta-feira (13).

De 2017 a 2020 Bayeux já passou pelo comando de quatro prefeitos, praticamente um por ano. Primeiro Berg Lima, que foi afastado do mandato; segundo o vice Luiz Antônio, que teve o mandato cassado; terceiro o então presidente da Câmara à época, Noquinha, que teve que deixar o cargo após a justiça determinar o retorno de Berg Lima ao comando da prefeitura e, o atual prefeito interino, Jefferson Kita, que assumiu o cargo em 21 de julho de  20220 após o prefeito Berg Lima renunciar oficialmente ao cargo de prefeito da cidade.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões

A Caixa fez neste sábado (26) em São Paulo o sorteio do concurso 2.303 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram as seguintes: 03 – 07 – 17 – 20 – 48 – 50.…

Wellington Farias se recupera bem após cirurgia para retirada de tumor

Colunista do portal PB Agora, o jornalista Wellington Farias se recupera bem da cirurgia a qual foi submetido para retirada de um tumor na bexiga. Ele está internado no Hospital…