Com integrantes na mira da PF e do STF, a Aliança pelo Brasil não decolou. De acordo com o TSE, o partido de Jair Bolsonaro soma apenas 13.550 assinaturas válidas para a sua criação, informa André Spigariol na Crusoé.

Na manhã de hoje, como noticiamos, o empresário Luis Felipe Belmonte, vice-presidente da Aliança, e o publicitário Sergio Lima, marqueteiro do partido, foram alvos de busca e apreensão determinada pelo ministro Alexandre de Moraes. 

Os apoiadores de Jair Bolsonaro têm mais um ano e meio para conquistar ao menos 500 mil assinaturas validadas pela Justiça Eleitoral, em um terço ou mais dos estados brasileiros — sem as quais o TSE não poderá autorizar o registro da Aliança. 

 

Fonte: O Antagonista

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ALPB aprova entrega de remédios a portadores de doenças crônicas na pandemia

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na sessão remota desta quarta-feira (08), a implantação de plano emergencial de entrega de medicamentos aos doentes crônicos durante a pandemia provocada pelo…

Defesa registra 52 mm de chuva em JP; veja locais mais atingidos

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Noé Estrela, as chuvas das últimas seis horas já registram 51.8 milímetros de água em João Pessoa. Ainda segundo ele, não houve…