A Paraíba o tempo todo  |

CMJP: CPI do Turismo Sexual

A Câmara Municipal de João Pessoa vai sediar na próxima sexta-feira (15), a partir das 15h, uma audiência pública para que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Turismo Sexual, da Câmara Federal, possa colher depoimentos e informar como andam as investigações sobre o tráfico de mulheres e a exploração sexual de crianças e adolescentes.
 
 

A audiência pública e a presença da CPI no Legislativo Municipal foram propostas pela vereadora Sandra Marrocos (PSB), em comum acordo com o deputado federal Luiz Couto (PT), que é um dos membros da Comissão. O deputado federal Jean Willis, que preside a CPI, confirmou sua participação.

 

O trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara dos Vereadores será dividido em duas etapas simultâneas: pela manhã, a partir das 9h, as pessoas (vítimas, denunciantes e testemunhas), que não querem se identificar vão depor na Sala de Reuniões das Comissões, a portas fechadas. À tarde, por volta das 15h, no plenário da Casa, os membros da CPI vão, em audiência pública aberta também para a imprensa, falar sobre o caso, de um modo geral, e ouvir autoridades e demais participantes.

 

Para Sandra, a presença da Comissão da Câmara Federal na Capital paraibana será fundamental para que os órgãos competentes e a sociedade tomem conhecimento de como andam as investigações sobre o tráfico de mulheres e a exploração sexual de crianças e adolescentes, e quais são as providências que estão sendo tomadas até o momento.

 

 

ASCOM

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe