A Paraíba o tempo todo  |

CMJP concede a cidadania aos idealizadores da Casa Cor Paraíba

PUBLICIDADE

 A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) fez a concessão de Títulos de Cidadania Pessoense aos empreendedores Ricardo Castro e Cesar Revorêdo, franqueadores da Mostra Casa Cor Paraíba. A sessão solene ocorreu durante a concorrida noite de abertura do evento, nesta quinta-feira (1). A propositura das homenagens foi apresentada pelo vereador Marco Antonio (PHS).

 

De acordo com o parlamentar, os homenageados idealizaram a edição local da Casa Cor Paraíba, que teve um investimento superior a R$ 10 milhões, gerando, durante todo o processo de obras e execução, cerca de 600 empregos diretos e indiretos na Capital paraibana.

 

Marco Antonio também destacou que a Casa Cor Paraíba oferta oportunidades para que empresas e profissionais locais possam apresentar projetos de qualidade, criativos e tecnológicos, dentro de um segmento de mercado que ainda mantém bons resultados, mesmo diante de um momento de instabilidade econômica.

 

“Me sinto feliz de ser o autor e de representar a Câmara Municipal nessa homenagem a duas pessoas que ousaram e colocaram a cidade de João Pessoa no eixo dos grandes eventos de arquitetura e design no Brasil e no mundo. Essa mostra se destaca por apresentar o trabalho da prata da casa, ou seja, beneficiando os grandes arquitetos, decoradores e paisagistas, entre outros profissionais que moram e executam os seus negócios aqui na Capital”, disse.

 

“A mostra também tem o investimento em equipamentos, ornamentação e na mão de obra qualificada, ou seja, todo um investimento que gera centenas de empregos diretos e renda para a cidade. Este evento serve para reafirmar que João Pessoa tem muito a mostrar. A Câmara Municipal dá um exemplo e até um incentivo para que outros empresários e empreendedores também invistam aqui”, complementou Marco Antonio.

 

OS HOMENAGEADOS

 

O multimídia Ricardo Castro é maranhense de nascimento, natural de São Luís (MA). Ele tem anos de trabalho e dedicação à cidade de João Pessoa, com atuação no colunismo social em vários veículos de comunicação, seja na televisão, no rádio, nos jornais e revistas impressas e on-line; em agências de publicidade e nas áreas de arquitetura e urbanismo.

“Já tenho o Título de Cidadão Paraibano e hoje tenho a honra de me tornar definitivamente um cidadão pessoense, através dessa propositura do querido vereador Marco Antonio. Estou super feliz, pois, essa cidade me abraçou desde quando aqui cheguei”, disse Ricardo Castro que complementou: “Essa homenagem é um grande reconhecimento por todo um trabalho que estamos aqui fazendo. A Casa Cor é um presente para o município e para o Estado, que nunca receberam uma edição da mostra. Definitivamente a Paraíba entra no circuito dos grandes eventos de decoração, arquitetura e paisagismo”.

 

Nascido em Natal (RN), o potiguar Cesar Revorêdo é um talentoso multiprofissional. Jornalista, escultor, pintor e desenhista. Ele desenvolve um sólido trabalho no campo da arte contemporânea, com ações e empreendimentos realizados em todo o Nordeste. Além da edição Paraíba, também é franqueado da Casa Cor nos estados do Rio Grande do Norte e Alagoas.

“Na Paraíba eu percebi um mercado com profissionais talentosos e maduros, prontos para expor projetos com qualidade conforme estamos vendo. Portanto, recebo esse título com extremo orgulho, é um privilégio poder me colocar de forma a contribuir para a cidade. Agradeço a Câmara Municipal de João Pessoa pela forma especial de acolher as pessoas, podem ter certeza que irei colaborar, ainda mais, com a cidade, fazendo o que puder em torno de conhecimento, de mobilização e de investimento”, comentou Cesar Revorêdo.

 

O EVENTO

A festa de lançamento da Casa Cor Paraíba teve as presenças também dos profissionais, parceiros e convidados, que puderam conhecer os 39 ambientes da mostra com exclusividade.

A Casa Cor Paraíba acontece entre os dias 2 de setembro e 16 de outubro na Residência Cassiano Ribeiro Coutinho (Avenida Epitácio Pessoa, 1090), casarão que traz as assinaturas modernistas do arquiteto Acácio Gil Borsoi e paisagismo de Roberto Burle Marx.

 

Ascom

Foto: Pedro Ivo

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe