Em meio às graves denúncias realizadas nos meios de comunicação dando conta que o Vice-presidente da FPF, Nosman Barreiro, estaria envolvido em esquema onde negociava com suposto chefe de torcida a realização de protestos contra o Presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, em troca de bebidas e drogas, os clubes paraibanos reafirmaram, por meio de nota, apoio ao presidente Amadeu Rodrigues.

Segundo informações da Diretoria Jurídica, tramita perante o Comissão Nacional de Ética do Futebol Brasileiro processos de banimento do vice-presidente da FPF,

Nosman Barreiro, por prática de várias irregularidades, dentre elas:

1 – Desaparecimento do Carro da GM em regime de comodato com a FPF;

2 – Colher assinaturas ilegalmente para demandar judicialmente;

3 – Falsificar assinaturas dos Presidentes de Agremiações e Ligas;

4 – Invasão e dano ao patrimônio da FPF;

5 – Permitir ato de racismo e intolerância religiosa da FPF;

6 – Nova falsificação durante a tentativa da posse na Presidência da FPF;

7 – Apropriação de valores e taxas da FPF;

Diante das novas denúncias, a Diretoria Jurídica da FPF, Dr. Marcos Souto Maior Filho, encaminhou cópia dos vídeos onde a negociação é realizada, além de entrevistas concedidas pelo Vice-presidente, onde ataca a honra dos membros da comissão de ética e dirigentes nacionais do futebol.

Os presidentes clubes incontinente encaminharam notas de solidariedade ao Presidente Amadeu Rodrigues, além de inúmeras mensagens de áudio. Segundos informações do Diretor Impressa, Geraldo Varela, Amadeu esta em Brasília buscando patrocínios para o campeonato de 2018.
Ouvido pelo Portal, o Diretor Jurídico esclareceu que medidas enérgicas serão tomadas:

“A situação é gravíssima! De ordem do Presidente Amadeu, já mandei para comissão de ética da CBF as novas denúncias que vieram a tona através da impressa, o Vice-presidente negociou protesto com pedido de dano ao patrocínio da FPF, mas o pior de tudo, é que o pagamento seria com bebidas e psicotrópicos. É inadmissível tal estado de coisas. Até agora, Amadeu só se defendeu, contudo, decidiu procurar a justiça, acho que Nosman será banido futebol brasileiro.” Finalizou Souto Maior.

VEJA O DOCUMENTO ASSINADO



Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Consórcio NE: primeiro edital de compra coletiva será lançado nesta 3ª

O governador João Azevêdo e demais governadores do Nordeste participaram, nesta segunda-feira (16), do Encontro do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), realizado no Hotel Senac Barreira…

Irritado com barulho, homem mata vizinho com tiro na cabeça, em Campina Grande

Um homem, matou um vizinho, na manhã de hoje, terça-feira (17), em Campina Grande, após se irritar com o barulho de uma discussão provocada pela vítima, que exigia que a…