A Paraíba o tempo todo  |

Cidade mais verde: João Pessoa é reconhecida pela FAO/ONU por avanço na arborização urbana

A Organização para Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO/ONU) e a Fundação Arbor Day (USA) reconheceram João Pessoa como cidade integrante do programa ‘Tree Cities of The World’. A iniciativa reconhece cidades comprometidas em garantir que suas florestas e árvores urbanas sejam adequadamente mantidas e gerenciadas de forma sustentável, destacando João Pessoa no cenário global junto a cidades como Milão, Madri, Nova Iorque, Toronto, Paris, entre outras.

O reconhecimento se deu por meio da Diretoria de Estudos e Pesquisas Ambientais (Diep) da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), da Prefeitura de João Pessoa. Sérgio Chaves, diretor da Diep e presidente da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU), recebeu o comunicado da Tree Cities of the World Team, informando sobre o reconhecimento de João Pessoa como uma cidade que adota boas práticas de conservação de suas florestas e áreas verdes.

O prefeito Cícero Lucena comemorou esse reconhecimento internacional pelos esforços que a administração municipal tem levado adiante para que a cidade de João Pessoa se desenvolva com sustentabilidade e respeito ao meio ambiente. “É motivo de alegria para nós o reconhecimento dessa importante conquista para o meio ambiente no município nessa luta que João Pessoa tem de recuperar o posto de uma das cidades mais verdes do planeta”, destacou.

O secretário de Meio Ambiente, Welison Silveira, lembrou que o reconhecimento é mais um estímulo para que a gestão continue cuidando do patrimônio ambiental da cidade. “O título aumenta nossa responsabilidade, considerando que é um reconhecimento internacional. E nos desafia na gestão da política ambiental na Capital, que precisa se desenvolver de maneira sustentável”, frisou.

Critérios – Para que a cidade seja reconhecida como uma ‘Cidade da Árvore’, conforme o Tree Cities of The World, é preciso cumprir uma série de requisitos, definidos pelo programa, como Responsabilidades, Normas, Inventários e Diagnósticos, Orçamento e Celebração.

O diretor da Diep destacou que esse reconhecimento terá desdobramentos positivos para a cidade. “É um reconhecimento extremamente importante, porque contribui para envolvermos ainda mais a comunidade local na preservação e recuperação de nossas áreas verdes, estimulando a gestão pública na promoção de ações”, concluiu Sérgio Chaves.

O título fornecido pela Fundação Arbor Day e ONU/FAO considerou os diversos programas da Prefeitura de João Pessoa que vem incentivando o plantio de árvores nativas em ruas beneficiadas com pavimentação e drenagem, o cuidado com as áreas verdes, as diretrizes para proteção e manejo das árvores, a revitalização do Viveiro Florestal, onde são produzidas as mudas de árvores nativas utilizadas na arborização urbana, a gestão dos parques da cidade, entre outras ações promovidas pela Prefeitura de João Pessoa.

No Brasil, João Pessoa se soma às capitais Campo Grande (MS), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ), que também são reconhecidas pelo programa Tree Cities of the World, edição 2021.

 

Secom-JP

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe