Por pbagora.com.br

João Pessoa debaixo d ‘água. Em 24h choveu na capital paraibana mais do que o esperado para todo o mês de maio, segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA). Nas últimas 24h, choveu 189,4 milímetros em João Pessoa, e diversos alagamentos e inundações foram registradas no centro e bairros da capital.

Por conta do grande volume pluviométrico que permanece nesta sexta-feira, alguns problemas já começaram a ser registrados em João Pessoa. Na BR-230, um buraco foi formado na rodovia, na altura do viaduto que cruza com o bairro de Manaíra. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) pede atenção dos motoristas e informa que já foi solicitado ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) a execução do reparo, no entanto, só pode ser feito após uma trégua das chuvas.

Vários alagamentos foram registrados  na manhã desta sexta-feira (14), em diversos bairros da capital paraibana. A Defesa Civil monitora pontos de alagamentos e de possíveis deslizamentos, como a ladeira do Castelo Branco que dá acesso a BR-230. Uma ponte para pedestres localizada dentro da comunidade São Rafael, no bairro Castelo Branco, desabou.

A ponte construída há mais de 25 anos apresentava problemas e passava sobre o rio que corre na comunidade. A Defesa Civil informou que está monitorando o local e uma interdição será realizada no local.

A Semob-JP que monitora o trânsito de João Pessoa, orienta que devido o acúmulo de água e os diversos pontos de alagamento, os cuidados precisam ser tomados pela população para evitar acidentes.

Desde ontem que chove intensamente na Capital. Na quinta-feira (13) João Pessoa registrou 167,8 milímetros de chuvas  de acordo com a Defesa Civil. Somente ontem Defesa Civil da capital, registrou 22 ocorrências, relacionadas principalmente a alagamentos e inundações. Uma ocorrência que chamou atenção foi a queda de parte da ponte que liga as comunidades São Rafael e Padre Hildo Bandeira. Um deslizamento causado pelas chuvas também foi registrado na Avenida Epitácio Pessoa. A barreira do Clube Cabo Branco  também deslizou e interrompeu duas das três faixas em direção ao Centro.

De acordo com a Defesa Civil, é esperado chuvas nas próximas horas na capital paraibana, podendo se estender para os próximos dias. A Polícia Rodoviária Federal também registrou problemas nas rodovias e pede atenção aos motoristas.

Em Campina Grande também choveu forte nas últimas 72h. Vários pontos de alagamentos e inundações foram registradas na cidade,  A Defesa Civil amanheceu nesta sexta-feira (14), monitorando várias áreas tidas como de risco no município e suscetíveis a alagamentos.

Mapeamento realizado em Campina Grande aponta que 18 áreas são vulneráveis a alagamentos e 16 áreas são consideradas de risco na zona urbana da cidade, de acordo a Defesa Civil Municipal. Na lista de áreas classificadas como ‘suscetíveis ou vulneráveis a alagamentos’ está a rua Almeida Barreto, no Centro da cidade, no trecho entre um supermercado e uma faculdade particular; o cruzamento das ruas João Quirino e Vigário Calixto, próximo a um shopping no bairro do Catolé; ; a avenida Assis Chateaubriand entre outros.

SL
PB Agora

Notícias relacionadas

Concurso da PMJP: Semob conta com esquema especial de trânsito e transporte

Para garantir o ordenamento viário no entorno das escolas onde estarão sendo aplicadas as provas do concurso da Prefeitura de João Pessoa, neste domingo (13), a Superintendência Executiva de Mobilidade…

MS libera recursos para compra de castramóvel em Cajazeiras e Guarabira

Os municípios de Cajazeiras e Guarabira vão receber nos próximos dias, cada um, R$161.667,00 para a compra de castramóvel –  veículo utilizado para realização de cirurgias de castração em cães…