Por pbagora.com.br

As fortes chuvas no Sertão Paraibano vêm causando grandes transtornos para a população. Em Patos, os bairros mais críticos são o Novo Horizonte, Noé Trajano e Morro. Várias casas estão submersas e centenas de pessoas desabrigadas.

A chuva que começou no final da tarde de ontem (13) só parou por volta das 22 horas, registrando 283mm, que segundo a Rádio Morada do Sol, localizada na cidade de Patos, trata-se da maior chuva dos últimos tempos na região. 

A barragem Dona Elvina, localizada às margens da BR 230, inundou e destruiu parte da pista que liga as cidades de Patos e Cajazeiras, dificultando ainda mais o trabalho de resgate na região.  

O açude do Jatobá, localizado às margens da PB-110, setor Sul da cidade de Patos, amanheceu sangrando com um grande volume de água. Uma ponte que dá passagem as águas da sangria ameaçou ceder e vários motoristas estão receosos de passar pelo local, o que provocou uma longa fila no local.
 

Ainda segundo informações do programa radiofônico, já há registro de pessoas mortas devido a força das águas, mas não se sabe ao certo quantas vítimas fatais.

O prefeito de PAtos, Nabor Wanderley, já anunciou medidas emergênciais para conter o problema. A prefeitura irá disponibilizar abrigos, alimentos e roupas secas para as vítimas.

 

Mais informações em instantes

 

Milena Feitosa

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João assegura distribuição das vacinas para todos os municípios

O governador João Azevêdo assegurou, nesta segunda-feira (18), durante o programa semanal ‘Conversa com o governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, a distribuição das 92.960 doses da vacina…

Deputado retira de tramitação PL que previa sanção para servidores que não se vacinassem

O Projeto de Lei que previa sanções para os servidores públicos que se recusassem a tomar a vacina contra a covid-19, foi retirado de tramitação pelo autor e líder do…