Por pbagora.com.br

O município que registra o maior volume acumulado é o de São João do Rio do Peixe. Até a última sexta-feira (14) choveu cerca de 220mm só este mês, onde a média esperada para o mesmo período é de 171,1 mm, ou seja, um amumento de 28,6%. O volume de água, inclusive, elevou o nível do Rio do Peixe e várias ruas ruas ficaram alagadas.

Em Guarabira, Mari, Mato Grosso, Poço José de Moura e Triunfo também choveu acima da média. As chuvas causaram inundações e bairros inteiros ficaram alagados. De acordo com a Defesa civil do Estado, os problemas registrados teriam ocorrido porque as cidades não teriam se preparado para o período de chuva.

Além dos alagamentos, nenhum dano maior foi registrado e nenhuma família precisou ser retirada de sua casa, mas a população teme que a situaçõe se agrave. 

Segundo a Agência Estadual de Gestão das Águas – Aesa – nos próximos dia as chuvas devem continuar com maior concentração no Sertão.

Na manhã deste sábado (15), a região metropolitana de João Pessoa amanheceu com o céu nublado, mas sem chuvas. 

 

PB Agora 

com informações do Jornal Correio da Paraíba

Notícias relacionadas

Emlur faz contrato emergencial para regularizar coleta de lixo em João Pessoa

Um contrato emergencial foi assinado pela Empresa de Limpeza Urbana de João Pessoa (Emlur-PB) com uma empresa especializada em limpeza urbana e coleta de lixo com o intuito de regularizar…

Escolas privadas poderão funcionar no sistema híbrido a partir desta segunda

Em novo decreto, Paraíba flexibiliza aulas presenciais para algumas séries O Diário Oficial do Estado (DOE), em edição suplementar, publicou neste sábado (17), o decreto que disciplina as atividades na…