Por pbagora.com.br

A greve dos bancários, que poderá ser iniciada neste dia 24 de setembro (quinta-feira), terá o apoio dos representantes da Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB). De acordo com Marcos Henriques Silva, vice-presidente da CUT-PB e presidente do Sindicato dos Bancários na Paraíba, a greve será decidida neste dia 23, durante uma assembléia na sede do Sindicato, às 19h00.

“Assim como a CUT-PB deu apoio para diversas categorias que optaram pelo direito à greve, a entidade também estará presente neste momento, buscando garantir maiores direitos aos trabalhadores. Os bancários são uma categoria que sofrem bastante, por falta de melhores condições físicas no trabalho. Por isso, apoiamos a reivindicação da categoria pela contratação de novos trabalhadores, gerando mais emprego e renda para a população”, destacou Luis Silva, presidente da CUT-PB.

Segundo Marcos Henriques, a categoria deverá deflagrar greve nacional por tempo indeterminado em todos os bancos a partir da quinta-feira, conforme orientação do Comando Nacional dos Bancários. O sindicalista explicou que bancários de diversos Estados do Brasil estão se reunindo nesta quarta-feira para votar em favor da paralisação.

De acordo com o vice-presidente da CUT-PB, Marcos Henriques, a reivindicação é de aumento de 10% em relação ao salário-base da categoria As reivindicações feitas pelos bancários a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) foram: aumento real de salário, PLR mais justa, valorização dos pisos salariais, garantia de emprego, mais saúde e melhores condições de trabalho, com adoção de políticas de combate às metas abusivas e ao assédio moral.

“A nossa pauta de reivindicações foi entregue aos bancos no dia 10 de agosto. Após mais de um mês de negociações, eles fizeram uma proposta rebaixada que apenas repõe a inflação, diminui o valor da PLR do ano passado e ignora as outras demandas”, afirma Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando

 

Assessoria

Notícias relacionadas

Juliette diz que será sua própria empresária e que não gastou nada do prêmio

A campeã do Big Brother Brasil 21, Juliette Freire, fez ontem, sábado (15) sua primeira aparição ao vivo para os seus “cactos”. Ela conversou com eles por quase duas horas…

STF mantém vacinação contra a covid de profissionais da educação em JP

Na tarde desta segunda-feira (17), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, negou o pedido do Ministério Público Federal (MPF) pela suspensão da imunização de profissionais da educação…